Coluna de Antônio José Larangeira de 03 de julho de 2013

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Casa da Mulher

A implantação da “Casa da Mulher Brasileira” em Salvador, uma das metas federais do “Programa Mulher: Viver sem Violência”, está começando a se concretizar. O Termo de Cooperação Técnica entre as autoridades federal, estadual e municipal, que dá início ao processo de instalação efetiva do equipamento na capital baiana, vai ser assinado em 11 de julho. Conforme a deputada estadual feirense Graça Pimenta (PR), que está acompanhando a implantação da unidade, o projeto deve ser ampliado.

“A ‘Casa da Mulher Brasileira’ precisa ser construída também nas cidades de grande porte, como Feira de Santana. Com o equipamento no interior do Estado, poderemos ofertar um melhor serviço e tratamento para as centenas de mulheres que sofrem violência todos os dias”, pontua.

Na “Casa da Mulher Brasileira” serão disponibilizados serviços como delegacia especializada, defensoria pública, juizado especial de violência doméstica, equipes de psicólogos e de assistentes sociais, além de alojamento provisório e brinquedoteca para as crianças ficarem enquanto a mãe está sendo atendida.

No local também vai ser realizado o encaminhamento das mulheres para programas de emprego, renda e acesso a crédito, para promover a autonomia feminina. O prazo para a construção da unidade é de até dois anos. O governo federal pretende construir o equipamento na capital de cada estado brasileiro e no Distrito Federal.

Audiência

O vereador Pablo Roberto (PT) disse que foi bem recebido na audiência com o prefeito José Ronaldo de Carvalho, quando apresentou o Plano Municipal de Juventude para a criação do Conselho Municipal da Juventude. “É uma grande ferramenta para o público que tem entre 15 e 29 anos e ele se comprometeu de enviá-lo para a Procuradoria do Município para ser avaliado”, contou. Pablo ainda agradeceu a Wellington Andrade (PTN), Eremita Mota (PDT) e Marcos Lima (PRP) pela coragem de manterem suas assinaturas da CPI do transporte público e aos colegas veteranos “pela paciência que tiveram com os vereadores novatos”. Fonte: Blog de Jair Onofre.

Beldes e os projetos

O vereador Beldes Ramos (PT) disse que entende que a política está numa “conjuntura amarrada” e falou sobre alguns projetos do Executivo que ele sabe que a população de Feira de Santana não gostaria que fossem aprovados. “Por causa de acordos políticos deixamos de estar do lado do povo para estar do lado do Executivo”, lamentou. Beldes se referia dos projetos que aumentaram a CIP, a TLL e TFF. “Só quero lembrar que o povo está cansado desse tipo de política e as manifestações estão aí para provar isso. Com a reforma política, os detentores de mandato deixarão de pensar em seus acordos e pensarão mais no povo”, concluiu.

Arrecadação

Ao comentar sobre a fraca arrecadação do município de Feira de Santana, o secretário de Planejamento, Carlos Brito, afirmou que o orçamento municipal para o próximo ano poderá ser R$ 800 milhões. Para Brito, cidade com 600 mil habitantes, como Feira de Santana, era para ter arrecadação de no mínimo R$ 1,5 bilhão.

Região metropolitana

O deputado federal Colbert Filho (PMDB) lembrou à imprensa que vai completar três a criação da Região Metropolitana de Feira de Santana e até agora a mesma não foi regulamentada. “A Região Metropolitana de Feira de Santana está deixando de receber recursos porque ainda não foi regulamentada, além da falta da Agência de Desenvolvimento Regional”, informa Colbert.Informe da: Bahia na Politica.

Ronaldo e os manifestantes

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Feira, jornalista Valdomiro Silva garantiu a lideranças do movimento que protestaram defronte ao Paço Municipal que o prefeito de Feira, José Ronaldo de Carvalho, irá recebê-los em uma audiência amanhã, 4. Na pauta do movimento é a redução de tarifa dos ônibus.

 

Sobre Antonio José Larangeira 3071 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]