Rompimento de adutoras e Copa complicam trânsito em Salvador

Trânsito no entorno do Dique de Tororó está complicado.
Trânsito no entorno do Dique de Tororó está complicado.
Trânsito no entorno do Dique de Tororó está complicado.
Trânsito no entorno do Dique de Tororó está complicado.

A Transalvador solicitou que a Embasa realize imediatamente os reparos em três adutoras que romperam durante a manhã de hoje (03/06/2013), complicando o trânsito nas principais vias da cidade. O problema aconteceu no Rio Vermelho (Rua Odilon Santos), Narandiba e Estrada das Rainhas, causando reflexos nos bairros do entorno. A Transalvador informou sobre os problemas ainda pela manhã, mas na Rua Odilon Santos o serviço não foi realizado até então.

A normalidade do trânsito também foi afetada pelas interdições necessárias para a montagem e desmontagem das estruturas da Copa das Confederações. O tráfego foi totalmente interditado na Av. Presidente Costa e Silva (Dique do Tororó), no trecho da saída da Ladeira dos Galés até a Rua da Telebahia, no Jardim Baiano. O acesso Dique – Lapa só pode ser feito pelo Jardim Baiano.

A opção de tráfego para quem vem de Nazaré, com destino ao Dique do Tororó, é seguir pela Rua Professor Hugo Balthazar da Silveira, Boulevard América, Rua José Leonídio de Sena, até chegar à Av. Presidente Costa e Silva. Veículos provenientes da Av. Presidente Castelo Branco, do Vale de Nazaré e da Ladeira dos Galés, com destino ao Dique do Tororó, devem seguir pelo Bonocô, Ogunjá e acessar a Vasco da Gama. As mudanças seguem até 05/07.

Proibição de estacionamento – No período de 01/06 a 03/07, fica proibido estacionar no Largo do Campo Grande, no lado direito da via que margeia a Praça Dois de Julho, e no trecho situado entre o Hotel Sheraton e o portão de acesso à praça. A medida vai permitir o embarque e desembarque de passageiros de microônibus dos serviços shuttle. Pelo mesmo motivo, de 17/06 a 03/07, está proibido estacionar no lado esquerdo da Rua Fonte do Boi, no Rio Vermelho – em frente ao imóvel de número 176, próximo aos Hotéis IBIS Rio Vermelho e Mercure Hotel Salvador.

Sobre Carlos Augusto 9463 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).