Prefeito de Salvador lamenta que vândalos tenham se infiltrado em manifestação

ACM Neto: “A maioria das pessoas que foi às ruas se manifestar fez de forma ordeira e pacífica. A manifestação faz parte da democracia e é plenamente aceita, devendo ser entendida por todos. O lamentável é a ação dos radicais". (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “A maioria das pessoas que foi às ruas se manifestar fez de forma ordeira e pacífica. A manifestação faz parte da democracia e é plenamente aceita, devendo ser entendida por todos. O lamentável é a ação dos radicais". (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “A maioria das pessoas que foi às ruas se manifestar fez de forma ordeira e pacífica. A manifestação faz parte da democracia e é plenamente aceita, devendo ser entendida por todos. O lamentável é a ação dos radicais". (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “A maioria das pessoas que foi às ruas se manifestar fez de forma ordeira e pacífica. A manifestação faz parte da democracia e é plenamente aceita, devendo ser entendida por todos. O lamentável é a ação dos radicais”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) Jornal Grande Bahia)

O prefeito ACM Neto lamentou ontem (20/06/2013) que um pequeno grupo de vândalos que destruíram alguns equipamentos públicos e também privados tenha tentado manchar a grandiosidade e a nobreza dos protestos ocorridos na cidade, considerados pelo gestor como “legítimos, democráticos e com espírito pacífico”.

“A maioria das pessoas que foi às ruas se manifestar fez de forma ordeira e pacífica. A manifestação faz parte da democracia e é plenamente aceita, devendo ser entendida por todos. O lamentável é a ação dos radicais”, afirmou ACM Neto. 

Sobre Carlos Augusto 9517 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).