Nos 25 anos do PSDB, FHC exalta legado tucano e o momento de afirmação do povo brasileiro

Lideranças do PSDB participam de evento que marca 25 anos de fundação do partido.
Lideranças do PSDB participam de evento que marca 25 anos de fundação do partido.
FHC exalta legado tucano e o momento de afirmação do povo brasileiro.
FHC exalta legado tucano e o momento de afirmação do povo brasileiro.
Lideranças do PSDB participam de evento que marca 25 anos de fundação do partido.
Lideranças do PSDB participam de evento que marca 25 anos de fundação do partido.

O ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, exaltou nesta terça-feira o legado deixado pelo partido em seus 25 anos de história. Ao participar da inauguração da exposição em homenagem às bodas de prata do PSDB e os 19 anos do Plano Real, FHC destacou: “Nós demos uma contribuição e estamos dispostos a continuar a cooperar com o Brasil, sempre com esse sentimento: ninguém faz nada sozinho, só se faz de mãos dadas, juntos.”

Aniversariante do dia, Fernando Henrique brincou afirmando não estar feliz pelos 82 anos completados, mas pelo fato de o Brasil estar se transformando, em grande parte graças aos esforços realizados pelo PSDB nos últimos 25 anos.

E reiterou: “Só queremos uma coisa: que a nossa parte também seja reconhecida. Isso aqui é uma pequena amostra do que nós fizemos, sem falar do muito que está sendo feito nos estados governados pelo PSDB e no muito que nós nos propomos a fazer, e que faremos daqui para frente.”

Democracia – Fernando Henrique aproveitou a ocasião e defendeu que o PSDB mantenha entre suas diretrizes a defesa da democracia e a melhoria nas condições de educação, de saúde, de forma a garantir as perspectivas de futuro do povo brasileiro.

E alertou: “Não se assegura a crença na democracia, e nem se consegue avanços concretos para o povo, se não houver uma direção econômica bem estabelecida, bem feita. O termômetro disso é a inflação: quando a inflação começa a inquietar, o povo se inquieta, porque sente que o que está montado começa a desmoronar”.

Manifestações – O ex-presidente também abordou, em seu pronunciamento, as manifestações de rua registradas ontem em todo o país. Segundo Fernando Henrique, o Brasil vive hoje um momento vibrante, em que as novas gerações ganham as ruas.

“É importante que as pessoas mais jovens, e não só os jovens, expressem suas vontades, mesmo que não saibam muito bem para que lado vão e que sejam muito díspares as suas vontades. É claro que a partir daí, os que são responsáveis, que estão no governo, têm que perceber: as coisas não estão tão bem quanto eles pensam”, afirmou.

Na sua opinião, o momento de afirmação do povo brasileiro não acontece por acaso: se deve a um crescente mal estar que deriva de muitos problemas estruturais.

“Há uma certa descrença nos caminhos políticos, então, os partidos políticos que quiserem se recompor com o povo têm que chegar mais perto e sentir qual é a demanda”, acrescentou.

Aécio Neves: “Eu me lembro, e me lembro muito bem porque ouvi pessoalmente, aqui nessa mesma Casa, 25 anos atrás, quando Mário Covas dizia ao Brasil, anunciava aos brasileiros, que nascia um novo partido político, longe das benesses oficiais e próximo do pulsar das ruas.”
Aécio Neves: “Eu me lembro, e me lembro muito bem porque ouvi pessoalmente, aqui nessa mesma Casa, 25 anos atrás, quando Mário Covas dizia ao Brasil, anunciava aos brasileiros, que nascia um novo partido político, longe das benesses oficiais e próximo do pulsar das ruas.”

Senador Aécio Neves relembra Covas nos 25 anos do PSDB

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), relembrou um dos fundadores do partido, o ex-governador de São Paulo, Mário Covas, na solenidade de inauguração da exposição em homenagem aos 25 anos do partido e 19 anos de Plano Real:

“Eu me lembro, e me lembro muito bem porque ouvi pessoalmente, aqui nessa mesma Casa, 25 anos atrás, quando Mário Covas dizia ao Brasil, anunciava aos brasileiros, que nascia um novo partido político, longe das benesses oficiais e próximo do pulsar das ruas.”

Segundo o senador, 25 anos se passaram e o PSDB teve responsabilidade enorme em relação a alguns dos principais avanços ocorridos no Brasil.

Elogiou a “absoluta coerência” que o partido manteve, sendo governo ou oposição, durante esses anos e salientou o legado de Fernando Henrique.

“Todos nós temos um orgulho enorme da trajetória do PSDB, e dentro dessa trajetória, de forma especialíssima, do governo da ousadia, das transformações, da inovação”, reiterou.

E completou: “Que a lucidez de Fernando Henrique, a sua coragem, contemporaneidade do seu pensamento e vigor das suas ideias possa estar sempre a nos orientar, porque se fomos importantes ao Brasil nesses 25 anos, tenho absoluta convicção que seremos fundamentais ao Brasil na travessia futura que, juntos, iremos fazer.”

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115091 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.