Matéria do Estadão diz que, na Bahia, irmãos Vieira querem apoiar candidatura de Eduardo Campos a presidência da república

Com o título ‘PMDB ameaça dar apoio a Campos nos Estados onde a aliança com o PT patina’, matéria do Estadão aponta insubordinação partidária de peemedebistas em pelo menos seis Estados, nos quais parceria entre os partidos encontra dificuldades. Dirigentes peemedebistas não descartam apoio regional ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), caso decida disputar a Presidência da República.

Na Bahia, os irmãos Vieira formam aliança com opositores nacionais do PT. O atual presidente estadual do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, é pré-candidato ao governo da Bahia, ao lado do irmão, deputado federal Lúcio Vieira Lima, lideram um movimento que deve unir o PMDB do Estado aos principais partidos de oposição (PSDB, DEM e PPS) para lançar uma candidatura de oposição ao PT, liderado no estado pelo governador Jaques Wagner. Os peemedebistas resistem em apoiar a reeleição da presidente e ameaçam criar uma plataforma para Campos ou até Aécio.

“Já aceitamos abrir um palanque duplo para Dilma em 2010, quando Geddel disputou com Jaques Wagner, mas o PT não cumpriu o acordo. No meio da campanha, quando Geddel estava crescendo, a presidente foi pressionada e disse que só tinha um candidato: Jaques Wagner”, explica Lúcio Vieira Lima.

*Com informações do Estadão.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]