Integrante do Rotary Club de Feira de Santana por 60 anos, Jonathas Telles de Carvalho faleceu neste domingo

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jonathas Telles de Carvalho faleceu aos 97 anos.
Jonathas Telles de Carvalho faleceu aos 97 anos.
Jonathas Telles de Carvalho faleceu aos 97 anos.
Jonathas Telles de Carvalho faleceu aos 97 anos.

Faleceu na manhã deste domingo (02/06/2013) Jonathas Telles de Carvalho, aos 97 anos. Ao longo da vida, o feirense ganhou destaque pela atuação como integrante do Rotary Club de Feira de Santana, durante 60 anos.  “Foi um patrimônio moral; um homem que dedicou sua vida a servir ao próximo e fazer o bem”, destaca o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), que esteve no velório no Hospital D. Pedro deAlcântara.

Nascido em 30 de março de 1916,  Jonathas entrou no Rotary 1953. Recebeu a Comenda da ordem de Albatroz com a Grã-Cruz Máxima, honraria outorgada pelo Museu Histórico Nacional, em 1971, e foi comendador da Ordem do Mérito de Feira de Santana. AEscola Modelo que funciona no bairro Conceição recebeu o seu nome, assim como uma rua do bairro Santa Mônica e a fundação que mantém o Centro de Apoio ao Deficiente Visual.

“Uma pessoa que construiu um relacionamento paterno com todos que tiveram a oportunidade de desfrutar do seu convívio. Conheci Jonathas no Rotary e pelo símbolo que ele representa afirmo que é uma perda muito grande para Feira”, acrescenta o deputado.

Deputada Graça Pimenta lamenta morte de Jonathas Telles de Carvalho

A deputada estadual Graça Pimenta (PR) apresentou na Assembleia Legislativa (AL) uma Moção de Pesar pelo falecimento do rotariano feirense Jonathas Telles de Carvalho, ocorrido no último domingo (2). A parlamentar destacou no documento a importância do trabalho filantrópico desenvolvido pelo rotariano em Feira de Santana. 

“Neste momento de grande tristeza lamento o falecimento de Jonathas Telles de Carvalho e desejo que os anos que ele dedicou ao próximo possam servir de inspiração para todos os que buscam melhorar a vida dos mais carentes”, afirmou Graça Pimenta, que solicitou que o documento chegue ao conhecimento dos familiares do rotário Jonathas Telles de Carvalho através da Presidente do Rotary Club de Feira de Santana (2012-2013), Marcia Carvalho Villar Soares, e também do Presidente do Rotary Club da Bahia (2012-2013), Carlos Augusto Pinto de Carvalho.

Filantropia 

O Rotary Club de Feira de Santana e toda a comunidade feirense perderam um dos nomes mais expressivos da filantropia no município. Nascido no dia 30 de março de 1916, Jonathas Telles de Carvalho ingressou na instituição em 1953, onde serviu ao próximo por 60 anos e ocupou todos os cargos possíveis, como o de governador do Distrito 455 do Rotary International (1980/1981) e de presidente por três vezes do Rotary Club local, sendo o último mandato presidencial exercido em 1991/1992.

Personalidade respeitável, em 1971 Jonathas Telles de Carvalho recebeu a Comenda da ordem de Albatroz com a Grã-Cruz Máxima, honraria concedida pelo Museu Histórico Nacional, em solenidade no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, dirigida pelo então presidente da Academia Brasileira de Letras, Austregésilo de Ataíde. O título é de significado internacional e já foi entregue a figuras como Antonio Oliveira Salazar, presidente de Portugal na década de 1950. O rotário também foi comendador da Ordem do Mérito de Feira de Santana.

Nos anos 90, o Rotary Club de Feira de Santana deu início à construção do Centro Pedagógico de Apoio ao Deficiente Visual, dedicado a inserir os deficientes visuais na sociedade. Devido aos inúmeros trabalhos prestados à comunidade feirense, o nome de Jonathas Telles de Carvalho foi escolhido para nominar a entidade filantrópica. Algumas das vastas memórias do rotariano foram temas do livro “Memórias de um Comendador”, lançado em 2009. O rotário foi casado com D. Cecília e teve dois filhos, o anestesiologista Marcelo Souza Carvalho e o arquiteto Luís Humberto de Souza.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10036 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).