Governo da Bahia respeita manifestação e repudia vandalismo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
O secretário estadual de Comunicação Social da Bahia, Robinson Almeida, diz que a orientação aos policiais militares foi de que fosse mantida a negociação e o diálogo com as lideranças dos manifestantes.
O secretário estadual de Comunicação Social da Bahia, Robinson Almeida, diz que a orientação aos policiais militares foi de que fosse mantida a negociação e o diálogo com as lideranças dos manifestantes.
O secretário estadual de Comunicação Social da Bahia, Robinson Almeida, diz que a orientação aos policiais militares foi de que fosse mantida a negociação e o diálogo com as lideranças dos manifestantes.
O secretário estadual de Comunicação Social da Bahia, Robinson Almeida, diz que a orientação aos policiais militares foi de que fosse mantida a negociação e o diálogo com as lideranças dos manifestantes.

O Governo do Estado reafirma o respeito ao direito de manifestação popular e repudia os atos de vandalismo e de depredação do patrimônio público e privado. Para o secretário estadual de Comunicação Social, Robinson Almeida, a orientação aos policiais militares foi de que fosse mantida, nesta quinta-feira (20/06/2013), a negociação e o diálogo com as lideranças dos manifestantes. O objetivo é que fosse preservada a integridade dos cidadãos e de equipamentos públicos e privados.

“Infelizmente uma pequena minoria tentou romper os limites estabelecidos da faixa de segurança para os torcedores que foram assistir ao jogo Nigéria e Uruguai, na Arena Fonte Nova. Na democracia, tem que ser respeitado o direito da manifestação, e também a segurança dos manifestantes e dos torcedores e famílias que vão para o estádio”, lamentou Robinson Almeida.

 

Sobre Carlos Augusto 9665 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).