Autorizada criação das universidades federais do Sul e do Oeste da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Presidenta Dilma Rousseff, Governador do Ceará, Cid Gomes e o Governador da Bahia, Jaques Wagner durante sanção das leis que criam as Universidades Federais do sul da Bahia (UFESBA), do oeste da Bahia (UFOB), do sul e sudeste do Pará (UNIFESSPA) e do Cariri/CE (UFCA).
Presidenta Dilma Rousseff, Governador do Ceará, Cid Gomes e o Governador da Bahia, Jaques Wagner durante sanção das leis que criam as Universidades Federais do sul da Bahia (UFESBA), do oeste da Bahia (UFOB), do sul e sudeste do Pará (UNIFESSPA) e do Cariri/CE (UFCA).
Presidenta Dilma Rousseff, Governador do Ceará, Cid Gomes e o Governador da Bahia, Jaques Wagner durante sanção das leis que criam as Universidades Federais do sul da Bahia (UFESBA), do oeste da Bahia (UFOB), do sul e sudeste do Pará (UNIFESSPA) e do Cariri/CE (UFCA).
Presidenta Dilma Rousseff, Governador do Ceará, Cid Gomes e o Governador da Bahia, Jaques Wagner durante sanção das leis que criam as Universidades Federais do sul da Bahia (UFESBA), do oeste da Bahia (UFOB), do sul e sudeste do Pará (UNIFESSPA) e do Cariri/CE (UFCA).

A presidente Dilma Rousseff sancionou na tarde desta quarta-feira (04/06/2013), em Brasília, os projetos de lei que criam as universidades federais do Sul e do Oeste da Bahia. A cerimônia contou com a presença do governador Jaques Wagner, ministros, prefeitos, entre outras autoridades.

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) terá sede em Barreiras com campi nos municípios de Bom Jesus da Lapa, Barra, Santa Maria da Vitória e Luís Eduardo Magalhães. A UFOB contará com 35 cursos de graduação e pós graduação e atenderá 7.930 estudantes.

A sede da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFESBA) será Itabuna com campi nos municípios de Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Serão oferecidas 36 opções de cursos a 11.110 estudantes de graduação e pós graduação.

O governador Jaques Wagner disse que esse momento é de agradecer e parabenizar o Governo Federal pela decisão e relembrou a evolução da educação no estado. “Até 2002, a Bahia tinha apenas uma universidade federal, a UFBA. Depois foram criadas a Universidade Federal do Vale do São Francisco e a Federal do Recôncavo. Agora, ganhamos a do Sul e do Oeste. Tivemos ainda a extensão da UFBA para Camaçari e do Recôncavo para Feira de Santana”.

A presidente Dilma Rousseff comentou a influência dessas novas universidades. “Elas terão efeito em toda a região próxima às sedes. Precisamos buscar a excelência nessas universidades e, quanto mais a gente conseguir criar polos educacionais, melhor para todos nós”.

Saiba +

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) está sendo criada por desmembramento da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e terá sede no município de Barreiras, contando com quatro campi nos municípios de Barra, Bom Jesus da Lapa, Santa Maria de Vitória e Luís Eduardo Magalhães. Na UFOB, serão oferecidos 35 cursos de graduação, que deverão atender a 7.930 estudantes.

A Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba) será sediada em Itabuna e contará com campi instalados nas cidades de  Teixeira de Freitas e Porto Seguro. Contará com 36 cursos de graduação, para os quais serão contratados 617 professores, além de 859 técnicos administrativos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113597 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]