Vereadores feirenses cobram do prefeito José Ronaldo investimentos na manutenção das vias urbanas e conservação de biomas

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.

Edvaldo Lima cobra melhorias para vias públicas do município

A revitalização do pavimento da avenida Sergio Carneiro, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, voltou a ser tema de discurso na Casa da Cidadania. O vereador Edvaldo Lima (PP) usou a tribuna para informar que, no último dia 15, se reuniu com o diretor do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (DERBA), Jaime Cruz, com o objetivo de reivindicar o direito de ir e vir dos moradores e transeuntes que trafegam por aquela via.

O edil espera que o problema do logradouro seja resolvido de imediato. “Nós não podemos ficar todos os dias, todas as semanas, todos os meses neste microfone cobrando melhorias para a avenida Sergio Carneiro”, reclamou.

Segundo o vereador, a avenida Sergio Carneiro, sob jurisdição do DERBA, está esburacada, sem a mínima condição de tráfego. “Eu não quero saber se a via pertence ao DERBA ou a Prefeitura, pois o que importa é que a sociedade não pode ficar prejudicada devido às condições precárias da avenida”, disse.

O vereador José Carneiro (PSL) ratificou as palavras do edil Edvaldo Lima.  “Eu sou testemunha da dificuldade que enfrentam não só os moradores do bairro Santo Antônio dos Prazeres, bem como qualquer um que transita naquela BA”, afirmou.

Ele informou que o local mais estragado da avenida Sérgio Carneiro fica próximo a Praça do Santo Antônio. Conforme o vereador, o diretor do DERBA, Jaime Cruz, em entrevista, assegurou que resolveria o problema imediatamente, “mas não foi resolvido”, queixou-se.

José Carneiro pediu a intervenção do Governo Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, para revitalizar o pavimento da avenida, “já que o DERBA não resolve essa situação”.

Na oportunidade, Edvaldo também solicitou do prefeito José Ronaldo que autorize os prepostos da Prefeitura a passar a máquina na estrada que liga a sede de Feira de Santana ao distrito de Jaguara, dando início pelo bairro Sobradinho.

Ele informou que já enviou uma indicação ao chefe do Poder Executivo Municipal com esta finalidade. O edil justificou que “nessa estrada o fluxo de veículos é grande e encontra-se em situação precária, cheia de buracos, aumentando o tempo que se gasta para realizar o trajeto”.

Pablo cobra providências urgentes para Lagoa do Prato Raso 

Em discurso na sessão legislativa desta quarta-feira (22/05/2013), o vereador Pablo Roberto (PT) afirmou que, apesar das denúncias de ocupação irregular de área de preservação permanente, “até o momento, o Governo Municipal continua se omitindo em dar os devidos esclarecimentos que a sociedade de Feira de Santana precisa com relação ao meio ambiente.

Ele informou que o aterramento na Lagoa do Prato Raso já foi tema de várias reportagens e alvo de debates na Casa da Cidadania. “Fizemos alguns questionamentos com relação à forma como foi dado o alvará autorizando uma obra de uma empresa da iniciativa privada naquele espaço”.

Segundo Pablo, a Secretaria de Meio Ambiente “cruzou os braços e fechou os olhos” para essa problemática, pois alega que a licença ambiental foi concedida no governo do ex-prefeito Tarcízio Pimenta. “Nós não podemos admitir isso. Feira de Santana precisa que o secretário de Meio Ambiente se pronuncie com relação ao que está acontecendo naquela lagoa”.

Na oportunidade, o petista disse que as supostas irregularidades na Lagoa do Prato Raso serão apuradas pelo Ministério Público. Esta  informação foi com base na matéria do Jornal Folha do Estado, editada nesta quarta-feira (23), sob o título: “MP instaura inquérito para apurar aterramento da Lagoa do Prato Raso”.

O vereador cobrou providências urgentes do poder público municipal, argumentando que o inquérito para apurar o aterramento da Lagoa do Prato Raso pode demorar de ser concluído.

O líder governista Carlito do Peixe (DEM) afirmou que o Governo Municipal nunca esteve ausente nas questões ambientais. “O secretário Roberto Tourinho se propõe a vir a esta Casa, quando for convocado ou solicitado para prestar esclarecimentos da sua pasta”, afirmou o edil, acrescentando que tudo que envolve a Lagoa do Prato Raso será apurado pelo Ministério Público.

Nery confirma que dejetos de sanitários químicos não foram jogados no Rio Subáe 

O vereador Alberto Nery (PT), em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, através de um ofício da Embasa, ratificou as palavras do líder do governo Carlito do Peixe (DEM) de que dejetos dos sanitários químicos utilizados na Micareta de Feira de Santana não foram jogados na bacia de origem do rio Subaé, no distrito de Humildes.

No último dia (6), o petista fez a denúncia com base em uma nota do Blog da Feira, intitulada “Nascente do Rio Subaé recebe descarte de sanitários da Micareta”. Na ocasião, Alberto Nery cobrou da Secretaria de Meio Ambiente uma posição com relação ao assunto.

Dias depois, Carlito do Peixe afirmou que a denúncia era improcedente, salientando que o descarte dos dejetos mencionados foram transportados do circuito da festa para a sede da Embasa, que fica situada na rua Dr. João Evangelista, bairro Tanque da Nação (entrada do conjunto Feira IV).

Na sessão legislativa da terça-feira (21), Nery relatou que, após cobrar também esclarecimentos da Embasa, a concessionária lhe enviou um oficio confirmando a versão do líder governista.

Segundo Nery, o documento diz que “foram 12 caminhões tipo limpa fossa recebidos pela Embasa no período da Micareta, no valor de R$ 247,50, que foram debitados pelo município de Feira de Santana. A empresa responsável pelo descarte dos 12 caminhões foi a Saniblock, com sede na rua Eleotério da Silva, nº 108, centro, no município de Lauro de Freitas”, informou.

O petista afirmou que o documento da Embasa esclarece que os resíduos referentes à Micareta não foram jogados no rio Subaé. “Este vereador terá nesta Casa esse compromisso de falar a verdade. Nós estamos aqui na defesa do povo de Feira de Santana e não podemos pautar em inverdades”, declarou.

O vereador Carlito do Peixe agradeceu ao colega pelos esclarecimentos, e aproveitou o ensejo para recomendar a população que não contrate empresas clandestinas para limpar fossas, visto que, segundo ele, elas acabam jogando os dejetos em rios e lagoas da região.

“A gente pede a ajuda da população, caso alguém veja isso, que anote a placa e o tipo do veículo e, em seguida, ligue para a Secretaria de Meio Ambiente ou para imprensa, para que providências possam ser tomadas”, disse.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123279 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.