Vereador feirense Alberto Nery diz que o ex-prefeito Tarcízio deixou R$ 23 milhões em caixa para o sucessor

Alberto Nery: "Evidentemente, que não se faz dinheiro, simplesmente, com mágica. Para a Prefeitura conseguir esses recursos, nós temos informações de fontes, inclusive do Governo Municipal, que havia nos cofres públicos R$ 23 milhões deixados pelo ex-prefeito Tarcízio Pimenta".
Alberto Nery: "Evidentemente, que não se faz dinheiro, simplesmente, com mágica. Para a Prefeitura conseguir esses recursos, nós temos informações de fontes, inclusive do Governo Municipal, que havia nos cofres públicos R$ 23 milhões deixados pelo ex-prefeito Tarcízio Pimenta".
Alberto Nery: "Evidentemente, que não se faz dinheiro, simplesmente, com mágica. Para a Prefeitura conseguir esses recursos, nós temos informações de fontes, inclusive do Governo Municipal, que havia nos cofres públicos R$ 23 milhões deixados pelo ex-prefeito Tarcízio Pimenta".
Alberto Nery: “Evidentemente, que não se faz dinheiro, simplesmente, com mágica. Para a Prefeitura conseguir esses recursos, nós temos informações de fontes, inclusive do Governo Municipal, que havia nos cofres públicos R$ 23 milhões deixados pelo ex-prefeito Tarcízio Pimenta”.

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, o vereador Alberto Nery (PT) deixou claro que não acredita que o prefeito José Ronaldo encontrou vazios os cofres da Prefeitura de Feira de Santana, na atual gestão.

“Eu não poderia deixar de enaltecer as obras anunciadas pelo prefeito José Ronaldo, porém nós não podemos deixar passar despercebido que, exatamente, há cinco meses, o chefe do Executivo e os seus seguidores colocaram publicamente que a Prefeitura de Feira de Santana se encontrava com dificuldades, no entanto, com poucos dias, o prefeito anuncia 50 milhões de obras”, disse.

Segundo o petista, 50% dos recursos que serão investidos no primeiro pacote de obras da nova gestão do prefeito José Ronaldo são provenientes do Governo Federal e os 50% restantes são oriundos do Governo do Município

“Evidentemente, que não se faz dinheiro, simplesmente, com mágica. Para a Prefeitura conseguir esses recursos, nós temos informações de fontes, inclusive do Governo Municipal, que havia nos cofres públicos R$ 23 milhões deixados pelo ex-prefeito Tarcízio Pimenta”, afirmou Nery.

Partindo desse pressuposto, o vereador disse que o gestor da cidade precisa deixar claro para os vereadores e a sociedade como um todo a real situação da Prefeitura deixada pelo antecessor.

Nery também reclamou que o Governo Municipal não está divulgando que algumas obras terão recursos de emendas de deputados federais.

O petista citou, como exemplo, a construção da passarela que vai ligar a Estação de Transbordo Central ao Centro de Abastecimento. “O prefeito já anunciou a obra, mas não foi dito que a verba dessa passarela é proveniente de uma emenda do deputado federal Fernando Torres”, afirmou.

 Sobre esse assunto, o líder governista Carlito do Peixe (DEM) declarou: “se a emenda for do deputado Fernando Torres, parabenizamos e agradecemos a ele, em nome do prefeito, mas é de praxe quando o deputado faz o empenho da emenda comunicar a Prefeitura para que esta possa apresentar o projeto. Neste caso, o deputado não comunicou à Prefeitura”, disse.

Carlito explicou que quando o recurso da referida passarela chegou à Caixa Econômica, a Prefeitura encontrou o projeto pronto. “E lá no projeto não vem dizendo quem é o autor da verba”, afirmou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114874 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.