Prática de esportes e muito samba de roda marcam as comemorações do 1º de maio em Feira de Santana

Prática de esportes e muito samba de roda marcam as comemorações do 1º de maio em Feira de Santana.
Prática de esportes e muito samba de roda marcam as comemorações do 1º de maio em Feira de Santana.
Prática de esportes e muito samba de roda marcam as comemorações do 1º de maio em Feira de Santana.
Prática de esportes e muito samba de roda marcam as comemorações do 1º de maio em Feira de Santana.

O mandato do deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto (PT), se fez presente, através do chefe de gabinete, Tarcísio Branco, nas comemorações do dia do trabalhador, 1º de maio de 2013, em Feira de Santana. Na manhã desta quarta-feira, cerca de 600 pessoas de diversas entidades trabalhistas e sociais se reuniram na praça da prefeitura, no Centro da cidade, para comemorar as conquistas da classe trabalhadora e unir forças para traçar novos caminhos.

Apresentações musicais de samba de roda dos grupos Quixabeira da Matinha, Quixabeira da Lagoa da Camisa e Renascer da Mangabeira animaram o público presente. Além desta atividade, o do dia do trabalhador também foi comemorado com a realização da 12ª Corrida Rústica e Caminhada Maria Quitéria, que teve como objetivo estimular a prática esportiva e promover ações de saúde entre os trabalhadores feirenses.

“Esta é uma corrida que acontece há 12 anos e desta vez temos o prazer de incluí-la no calendário nacional de corridas. Trouxemos esse evento para o dia do trabalhador porque, assim, conseguimos estimular no público presente a necessidade de praticar esportes e manter uma vida mais saudável”, disse Jaime Cardoso, presidente da Associação Cultural dos Atletas Corredores e Desportistas de Feira de Santana (Acad).

Os ganhadores da corrida rústica foram Josivaldo Oliveira Santos, no masculino. Na prova feminina Graciete Moreira Carneiro chegou em primeiro lugar.

Para um dos organizadores do evento, Zé Grande, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), o 1º de maio é uma data de reivindicações e lembranças das lutas já conquistadas.

A diretora do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT-Bahia), Conceição Borges, reforçou o discurso de Zé Grande. Para ela, o dia do trabalhador precisa ser lembrando enquanto um momento histórico, um dia surgido a partir do sacrifício de muitos trabalhadores. “Nesta data precisamos lembrar o que passou e dizer que somos contra a precarização da mão-de-obra e nos unir para conquistar novos desafios”, exemplificou Conceição.

Já Tarcísio Branco, representante do deputado estadual Zé Neto, enfatizou o apoio às classes trabalhadoras. Para ele, novos desafios estão surgindo todos os dias e a união da categoria é fundamental para que consigam superá-los. Na ocasião, Tarcísio listou algumas ações promovidas pelo governo do Estado para melhorar a convivência do produtor rural com a seca que atinge a região. “Para o dia de hoje, quero lembrar que em breve vamos inaugurar a nova sede da CAR em Feira com mais recursos, entre sementes e adubos, para o produtor rural de Feira de Santana”, informou.

Além das personalidades políticas locais, estiveram presentes nas comemorações do 01º de Maio em Feira de Santana representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Cargas de Feira de Santana e Região, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Federação Interestadual dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Nordeste, Pólo Sindical, Central Única dos Trabalhadores, Confederação Geral dos Trabalhadores da Bahia e Nova Central Sindical dos Trabalhadores.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9382 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).