‘Noite Fora do Eixo’ promete agitar o começo de junho, em Feria de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
A 'Noite Fora do Eixo' virou tradição em Feira de Santana.
A 'Noite Fora do Eixo' virou tradição em Feira de Santana.
A 'Noite Fora do Eixo' virou tradição em Feira de Santana.
A ‘Noite Fora do Eixo’ virou tradição em Feira de Santana.

A ‘Noite Fora do Eixo’ virou tradição em Feira de Santana, com suas várias edições de sucesso. No próximo sábado (01/06/2013), o Feira Coletivo voltará a movimentar a cena local e a trazer um dos principais pontos de toda a dinâmica que marca as ações do Circuito Fora do Eixo. Serão quatro atrações se apresentando a partir das 21h no Botekim Tematic Bar, e o valor único do ingresso é de 10 reais.

O evento terá a participação da Lady Lanne, vinda de Goiás. Como se sabe, as bandas goianas têm se destacado no cenário nacional de música independente, seja no rock alternativo do Violins, seja na linha mais stoner do Black Drawing Chalks, dentre outros exemplos. No caso da Lady, a sonoridade é um rock bastante direto, na medida certa para engrenar ao vivo e ganhar o público. O grupo, que já tocou com Kid Vinil, Raimundos e os americanos do BellRays, segue apostando na simplicidade de suas próprias composições, tanto que se encontra na turnê de lançamento de seu segundo álbum completo de inéditas – intitulado II.

A soteropolitana Gepetto também estará presente na Noite, porém com um som mais próximo do indie rock. As influências de Los Hermanos e Radiohead são perceptíveis em músicas como “Tentação”, cujo clipe acumula mais de 11 mil visualizações no Youtube, sendo que o vocal de Carlos Eduardo Faria na acústica “Ela Diz” lembra muito o de Thom Yorke. Consolidando o trabalho autoral, a banda disponibiliza um EP para download em seu site e planeja gravar seu disco de estreia ainda em 2013. O show promete fazer um bom contraponto à vibração da Lady Lanne, pois se apega a um clima mais melancólico.

Do lado feirense, o jovem Stephen Ulrich mostrará seu trabalho solo, um rock com letras em português e mesclado ao pop. O guitarrista poderia dispensar comentários quando o assunto gira em torno da música independente na região, visto que tem passagem por duas das bandas mais importantes da cidade: LP & Os Compactos e Clube de Patifes. Pelo que percebemos nas primeiras apresentações ao vivo, o grande talento de Stephen como compositor está em cada nova melodia, o que faz de seu Sorte de Principiante um dos álbuns mais esperados da nossa cena, além fazer de seus shows um acontecimento sempre aguardado.

Outra novidade local é a banda Adestradores de Lentilhas, formada por garotos que estão na faixa dos 18 anos e que se interessam pelo revival de grupos como The Strokes e Arctic Monkeys. Mesmo tendo se formado somente no final de 2012 e ainda possuindo um repertório composto por diversos covers, o quinteto parece se mostrar competente ao criar algumas canções autorais em português. Mais uma promessa do rock de Feira de Santana, que vem se fortalecendo também com a Tangerina Jones, a Novelta e com a permanência de nomes mais antigos, como a Calafrio e os já mencionados Patifes.

Serviço:

Evento: Noite Fora do Eixo

Data: 01 de Junho 2013

Local: Botekim Tematic Bar – Av. João Durval, 2963 – Ponto Central

Horário: 21h

Valor: R$ 10,00 (ingressos na portaria do evento)

Sobre Carlos Augusto 9670 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).