No CUCA, em Feira de Santana, comunidade tem última oportunidade de assistir ao espetáculo infanto-juvenil ‘Maria Minhoca’

Cena do espetáculo infanto-juvenil Maria Minhoca.
Cena do espetáculo infanto-juvenil Maria Minhoca.
Cena do espetáculo infanto-juvenil Maria Minhoca.
Cena do espetáculo infanto-juvenil Maria Minhoca.

O premiado espetáculo da Cia Cuca de Teatro de Feira de Santana faz suas últimas apresentações no Domingo Tem Teatro em comemoração aos 15 anos de trabalho da Cia. Cuca de Teatro. O espetáculo se apresenta nesse domingo, 19, às 10:30h no teatro do CUCA.

“Maria Minhoca” é um Clássico infantil da literatura teatral brasileira, o texto de Maria Clara Machado, que relembra o clássico “Romeu e Julieta”, ganhou nova roupagem na ótica dos palhaços.  O apaixonado Chiquinho Colibri não consegue chegar nem perto da sua amada Maria Minhoca porque seu pai, o lorde inglês Mister João Buldog da Silva, já planejou um outro destino para a filha: casá-la com o vaidoso e ambicioso Capitão Quartel.

O espetáculo “Maria Minhoca” é  resultado de um trabalho  de 02 anos de pesquisa e experimentação do clown, sob a orientação e direção  do professor e diretor baiano João Lima que também assina junto com Geovane Mascarenhas a Direção do espetáculo.  A montagem tem como estrutura de concepção a linguagem do palhaço. A direção aposta no enriquecimento cênico a partir do trabalho desenvolvido pelos atores e na criação de formas e movimentos que preencham o imaginário e criativo universo infantil. A música, presente no espetáculo, nos remete ao mundo mágico e simples do palhaço. Os atores cantam e tocam como palhaços e isso completa essa concepção cênica que visa entreter e encantar crianças, jovens e adultos. Em 2004, o espetáculo Maria Minhoca foi premiado pelo Prêmio Funarte como melhor espetáculo infantil da Bahia, com destaque para sua qualidade técnica, produção e pesquisa fundamentada na montagem de um texto que transformou personagens em palhaços. Com o prêmio a Cia Cuca de Teatro pôde circular em 05 (cinco) cidades do nordeste, sendo três na Bahia (Alagoinhas, Santo Amaro e Itaberaba) duas cidades da Paraíba (João Pessoa e Campina Grande) e a cidade de Recife (Pernambuco). Com a Caravana Funarte o grupo passou da adolescência para a fase adulta, ganhando experiência e notoriedade o que contribuiu para que a partir daí a Cia Cuca de Teatro tomasse novos rumos. Ainda em 2004 o grupo foi selecionado através do Circuito Cultural Banco do Brasil. Em 2007 o grupo recebeu 07 prêmios com o Espetáculo Maria Minhoca no 8º Festival Nacional de Teatro de Guaçuí – (ES): Melhor Espetáculo para a Infância e Juventude – Júri Popular, Melhor Figurino, Maquiagem, Execução de Texto, Especial do Júri,  Melhor Atriz (Elizete Destéffani) e Melhor Atriz Coadjuvante (Jacy Queiroz) .

DOMINGO TEM TEATRO 

Espetáculo: “Maria Minhoca”

Grupo: Cia Cuca de Teatro

Direção: Geovane Mascarenhas e João Lima

Quando: Dias 19 e 26 de maio de 2013

Horário: Sessão única matinal, às 10:30h (Área de lazer e alimentação aberta a partir das 9h)

Local: Teatro do CUCA – Cento Universitário de Cultura e Arte

Ingressos: R$ 10,00 (Meia Promocional para adultos)- Ingressos a venda no  teatro a partir das 9h.

Sobre Carlos Augusto 9516 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).