Governo da Bahia investe em centro de convivência

Rui Costa: “A partir do Criar, vamos aprimorar cadeias de caprinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e florestal, dando apoio e capacitação aos agricultores familiares da Microrregião do Médio Rio das Contas”
Rui Costa: “A partir do Criar, vamos aprimorar cadeias de caprinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e florestal, dando apoio e capacitação aos agricultores familiares da Microrregião do Médio Rio das Contas”
Rui Costa: “A partir do Criar, vamos aprimorar cadeias de caprinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e florestal, dando apoio e capacitação aos agricultores familiares da Microrregião do Médio Rio das Contas”
Rui Costa: “A partir do Criar, vamos aprimorar cadeias de caprinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e florestal, dando apoio e capacitação aos agricultores familiares da Microrregião do Médio Rio das Contas”

O governo do estado, representado pelo secretário da Casa Civil, Rui Costa, participa da inauguração do Centro de Referência, Integração e Afirmação da Região Semiárida – Criar, nessa sexta-feira (17/05/2013), às 9h, no município Manoel Vitorino, localizado a 380 km da capital baiana.Para a consolidação do empreendimento, o governo da Bahia, através da Companhia de Desenvolvimento Regional – CAR, investiu R$215 mil, beneficiando cerca de 12.260 pessoas.

O Criar é caracterizado como um espaço físico destinado a abrigar e propiciar condições de apoio gerencial e tecnológico para a organização, desenvolvimento social e econômico das comunidades integrantes do Médio Rio das Contas, fortalecendo a produção dos municípios de Maracás, Jequié, Manoel Vitorino, Mirante, Barra da Estiva e Iramaia.

O secretário Rui Costa explicou que a inauguração deste equipamento possibilita melhorias na conivência com o semiárido baiano, sendo um local efetivo na promoção de alternativas para as adversidades climáticas. “A partir do Criar, vamos aprimorar cadeias de caprinocultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e florestal, dando apoio e capacitação aos agricultores familiares da Microrregião do Médio Rio das Contas”, declarou.

Além do governo da Bahia, que doou equipamentos e utensílios, investiram no Centro a Fundação Banco do Brasil, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (IDAN) e a Associação de Pequenos Produtores Rurais União Rio de Contas (Unirio).

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9321 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).