Governo da Bahia e Associação de Deficientes Físicos assinam convênio para geração de emprego

Governador, Jorge Solla, Abadef, Lacen e Zé Neto comemoram contrato de prestação de serviços terceirizados de suporte administrativo.
Governador, Jorge Solla, Abadef, Lacen e Zé Neto comemoram contrato de prestação de serviços terceirizados de suporte administrativo.
Governador, Jorge Solla, Abadef, Lacen e Zé Neto comemoram contrato de prestação de serviços terceirizados de suporte administrativo.
Governador, Jorge Solla, Abadef, Lacen e Zé Neto comemoram contrato de prestação de serviços terceirizados de suporte administrativo.

O governador Jaques Wagner assinou, na tarde desta quarta-feira (22/05/2013), com a Associação Baiana de Deficientes Físicos (Abadef), o primeiro contrato de prestação de serviços terceirizados de suporte administrativo, que vai gerar, inicialmente, 40 empregos diretos com o Laboratório Central do Estado (Lacen). A iniciativa acontece por intermédio da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) O ato aconteceu na Governaria, em Salvador, com a presença do titular da Sesab, Jorge Solla, e o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Zé Neto (PT).

Para a presidente da Abadef, Luiza Câmera, a assinatura deste contrato de inclusão também eleva a auto-estima, a confiança e a habilidade. “Para nós, o trabalho é o nível preliminar de existência do indivíduo e quando você trabalha, você tem a sua dignidade de volta, exercendo seus direitos humanos, trabalho e, consequentemente, moradia, alimentação, educação”, disse.

Luiza Câmara ainda destacou o tratamento do governador às pessoas com deficiência. “Temos muito respeito pelo governador Jaques Wagner por seu histórico. Em 2001, ainda deputado no Rio de Janeiro, ele participou da Lei sobre adaptação de carros para pessoas com deficiência e hoje ele reforça esse seu reconhecimento aos direitos de igualdade e oportunidade a estas pessoas com esse gesto de civilidade e compromisso com o Estado que ele governa”, apontou.

Zé Neto – que está entre os deputados que lutaram pela elaboração e aprovação do projeto que permite gratuidade no transporte intermunicipal rodoviário para pessoas deficientes, nos modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e metroviário – comenta este gesto do governador Wagner e do secretário Jorge Solla.

“Me orgulho por fazer parte do Governo Wagner, que viu a questão da acessibilidade como política de Estado, buscando solucionar os problemas com vigor. Foi assim com relação ao transporte intermunicipal, tem sido assim com as questões referentes à profissionalização e respeito às questões todas relacionadas à acessibilidade. E vamos manter esse ritmo de compreensão, porque é com essa inclusão das pessoas do ponto de vista da dignidade e do trabalho que nós vamos dar passos cada dia mais decisivos na qualidade de vida dos baianos e, principalmente, daqueles que antes eram esquecidos”, destacou o líder.

Também participaram da assinatura a subsecretária Estadual da Saúde, Suzana Ribeiro; Silvonete Brandão e Tânia Regina Sotero, ambas da Abadef; Rosane Will e Verônica Macedo, representando o Lacen; e Alcina Andrade, superintendente de vigilância e proteção à saúde da Sesab.

Criada em 2 de setembro de 1980, a Abadef tem mais de cinco mil associados e o grande desafio de ultrapassar os obstáculos enfrentados pelas pessoas com deficiência.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9750 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).