Energia eólica é debatida em Capim Grosso

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Membros da faculdade e o deputado Zé Neto. Debate sobre energia eólica e problemas da comunidade de Capim Grosso.
Membros da faculdade e o deputado Zé Neto. Debate sobre energia eólica e problemas da comunidade de Capim Grosso.
Membros da faculdade e o deputado Zé Neto. Debate sobre energia eólica e problemas da comunidade de Capim Grosso.
Membros da faculdade e o deputado Zé Neto. Debate sobre energia eólica e problemas da comunidade de Capim Grosso.

Na noite desta quinta-feira (23/05/2013), o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), participou da 1ª Feira de Negócios da Faculdade de Ciências Educacionais de Capim Grosso. O convite foi feito pelo coordenador de pós-graduação, Francisco Queiroz, e pela diretora da instituição, Alsinete França.

Na oportunidade, o deputado apresentou investimentos do Governo do Estado em energia eólica e falou sobre a importância dessa energia limpa, traçando paralelos com o investimento feito no Parque Eólico de cerca de R$ 6,5 milhões. “A Bahia consolida sua posição de maior polo brasileiro de investimentos em energia eólica, com 57 projetos de usinas elétricas movidas pela força dos ventos e, até 2020, vai representar a construção do maior parque eólico da América Latina”, destacou.

O líder do governo informou que a indústria movida pelos ventos vai gerar em torno de 1900 vagas de emprego no Sertão. “A região do São Francisco compreende a maior e melhor faixa eólica. O que vai ser implantado na cidade de Campo Formoso que fica a 133 km de Capim Grosso, vai desenvolver todo o entorno e gerar empregos”, disse.

Demandas de Capim Grosso

No evento, o deputado estadual Zé Neto encontrou o prefeito do município de Capim Grosso, Sivaldo Rios, destacando que tem orgulho de ser do Partido dos Trabalhadores ao chegar à cidade. “Há 14 anos mais ou menos, estive pela primeira vez em Capim Grosso e vi uma cidade empobrecida, que hoje tem água e luz na zona rural, Bolsa Família, acesso à educação superior. Vejo uma cidade muito melhor”, declarou.

A população apresentou algumas dificuldades do município, dentre elas a baixa amperagem, o que impede a instalação de indústrias; e destacou alguns pleitos, a exemplo da revitalização do trecho da BR 324, de cerca de 30 km, que liga as cidades de Capim Grosso e Paraíso.

Reunião com os Agentes Comunitários de Saúde

Ainda em Capim Grosso, Zé Neto se reuniu com Agentes Comunitários de Saúde (ACS), quando ouviu atentamente as demandas da categoria.

Os agentes pediram a ajuda de Zé Neto para resolver o problema enfrentado pela categoria no município. “Estamos querendo apenas o nosso direito. Em um acordo abdicamos dos 20% de insalubridade, a fim de recebermos o repasse federal no valor de R$79. Mas o prefeito está pagando apenas R$35, afirmando que precisa pagar o INSS patronal. Eu não sei o que nós, agentes de saúde, temos com isso”, informou uma das agentes comunitárias.

Banner do Governo da Bahia: Campanha 'Aqui é trabalho', veiculada nesta sexta-feira (04/11/2021).
Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).