Deputado Tom Araújo critica política salarial para servidores públicos estadual, e Zé Neto diz que DEM oferece 0% aos servidores de Salvador

Tom Araújo: “O governo não olha para o servidor. Inicialmente, mandaram um aumento de 2,5% o que foi repudiado pelos servidores. Agora, aumentou para, 5,38% prometendo repor a inflação, mas dividido em duas parcelas. Ora, quando for concluir o pagamento, o servidor vai receber pouco mais de 3,9% porque a inflação do ano vai comer o restante”
Tom Araújo: “O governo não olha para o servidor. Inicialmente, mandaram um aumento de 2,5% o que foi repudiado pelos servidores. Agora, aumentou para, 5,38% prometendo repor a inflação, mas dividido em duas parcelas. Ora, quando for concluir o pagamento, o servidor vai receber pouco mais de 3,9% porque a inflação do ano vai comer o restante”
Tom Araújo: “O governo não olha para o servidor. Inicialmente, mandaram um aumento de 2,5% o que foi repudiado pelos servidores. Agora, aumentou para, 5,38% prometendo repor a inflação, mas dividido em duas parcelas. Ora, quando for concluir o pagamento, o servidor vai receber pouco mais de 3,9% porque a inflação do ano vai comer o restante”
Tom Araújo: “O governo não olha para o servidor. Inicialmente, mandaram um aumento de 2,5% o que foi repudiado pelos servidores. Agora, aumentou para, 5,38% prometendo repor a inflação, mas dividido em duas parcelas. Ora, quando for concluir o pagamento, o servidor vai receber pouco mais de 3,9% porque a inflação do ano vai comer o restante”

O deputado estadual Tom Araújo (DEM) prestou hoje, solidariedade, aos servidores do estado, em especial, os da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) que ocuparam as galerias do plenário da Assembleia Legislativa a fim de protestar contra o aumento concedido pelo governador Jaques Wagner (PT) ao funcionalismo público. “O governo não olha para o servidor. Inicialmente, mandaram um aumento de 2,5% o que foi repudiado pelos servidores. Agora, aumentou para, 5,38% prometendo repor a inflação, mas dividido em duas parcelas. Ora, quando for concluir o pagamento, o servidor vai receber pouco mais de 3,9% porque a inflação do ano vai comer o restante”, protestou o deputado.

“Essa proposta é absurda”, criticou Tom Araújo. Entretanto, ele disse que a Oposição está atenta e ao lado do servidor, lutando por um reajuste maior. “Mas sabemos a força do governo na Assembleia, que conta com a maioria absoluta desta Casa, com 45 deputados da base aliada e 18 da Oposição. Mas vamos protestar e apoiar os servidores nessa luta por um reajuste que, pelo menos, reponha as perdas inflacionárias do ano”, defendeu Tom Araújo.

Deputado Zé Neto responde

Atacado por opositores por negociar com servidores, o deputado Zé Neto (PT) lembra proposta de aumento do DEM para Salvador:

“Agora o DEM está aí bancando de bacana. Mas cadê o aumento dos servidores de Salvador, governado pelo DEM? Zero por cento”.

Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto também criticou fala de opositores contra líderes sindicais que negociaram reposição e desafiou críticos a compararem ganhos dos servidores neste governo com as gestões anteriores:

“Desafio qualquer um da oposição para comparar o que foi feito do governo de vocês e o nosso com relação aos servidores. Os servidores são pelegos por terem sentado à mesa com o governo? Por terem avaliado com as contas em mãos? Aos trabalhadores, dignidade e respeito”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109848 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]