ADAB retira de circulação produtos irregulares na região de Guanambi e Feira de Santana

A SEAGRI retirou 2,3 toneladas de produtos irregulares e impróprios para consumo humano.
A SEAGRI retirou 2,3 toneladas de produtos irregulares e impróprios para consumo humano.

A Secretaria da Agricultura (Seagri), por meio da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), retirou de circulação 2,3 toneladas de produtos irregulares e impróprios para consumo em ações de fiscalização nas regiões de Guanambi e Feira da Santana. Durante as duas ações, uma ocorrida nos dias 2 e 3 de maio de 2013 e outra no dia 14, as equipes da Agência realizaram Barreiras Sanitárias móveis e fiscalização de entreposto frigorífico irregular, respectivamente.

Logo no início do mês, entre os dias 02 e 03, a Coordenadoria Regional da Adab em Guanambi realizou ações de fiscalização móvel nos municípios de Guanambi, Candiba, Pindaí e Urandi.

Foram apreendidos 320 kg de produtos cárneos provenientes do abate clandestino, dentre eles 190 kg de carne bovina, 110 kg de pele e 20 kg de carne suína. A equipe formada por 15 profissionais da Adab e da Policia Militar do 17º Batalhão acompanharam também o descarte do material no aterro sanitário da vigilância sanitária.

A Coordenadoria Regional de Feira de Santana, durante uma atividade de fiscalização rotineira, realizou a interdição de uma empresa na última terça-feira (14/05/2013), no Ponto Central em Feira de Santana. A distribuidora funcionava como entreposto de carne de forma clandestina, sem registro de inspeção. O estabelecimento realizava cortes e fabricava carne salgada, bem como, reutilizava rótulos e embalagens de frigoríficos registrados manipulando e comercializando produtos vencidos. Foram apreendidos cerca de 2 toneladas, exatos 1.970 quilos de carnes bovina, suína, de aves e embutidos impróprios para consumo, os quais foram inutilizados no Aterro Sanitário de Feira de Santana. Fizeram parte dessa operação a equipe da Adab em Feira de Santana e a Polícia Militar.

“Os investimentos em fiscalização, inspeção e educação sanitária na defesa agropecuária beneficiaram os criadores e a sociedade consumidora de produtos de origem animal. A população precisa se conscientizar e mudar a cultura de consumir a “carne quente”, buscando sempre um produto com selo de inspeção que garante a qualidade do alimento”, finaliza o diretor de Inspeção de Produtos Agropecuários da Adab, Adriano Bouzas.

Carne é transportada de maneira indevida.
Carne é transportada de maneira indevida.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110029 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]