“Política não se faz com factoide e mentiras”, afirma deputado Zé Neto, ao responder a críticas sobre HGCA e Hospital de Custódia

Zé Neto fala sobre suposta implantação do Hospital de Custódia em Feira de Santana e foto mentirosa envolvendo o Hospital Clériston Andrade.
Zé Neto fala sobre suposta implantação do Hospital de Custódia em Feira de Santana e foto mentirosa envolvendo o Hospital Clériston Andrade.
Zé Neto fala sobre suposta implantação do Hospital de Custódia em Feira de Santana e foto mentirosa envolvendo o Hospital Clériston Andrade.
Zé Neto fala sobre suposta implantação do Hospital de Custódia em Feira de Santana e foto mentirosa envolvendo o Hospital Clériston Andrade.

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), está indignado com duas “pérolas” nos últimos dias em Feira de Santana. A primeira é o factóide de que o novo Hospital de Custódia e Tratamento da Bahia (HCT) deveria ser instalado na cidade. A segunda trata de uma fotografia publicada em redes sociais e alguns blogs onde um homem aparece defecando em uma lata de lixo localizada supostamente nas dependências do Hospital Geral Clériston Andrade. Situações absolutamente inverídicas.

Hospital de Custódia para presos

De acordo com o deputado, o governo do Estado não cogita a construção do HCT em Feira de Santana. Ao contrário, o Hospital de Custódia de Salvador será reformado e, provisoriamente, algumas unidades do Estado estão recebendo seus pacientes, como é o caso de Feira.

Segundo ele, o que foi discutido com relação à Feira foi a possibilidade de receber inicialmente 12 pacientes mulheres que já tinham cumprido pena e não contam com acompanhamento familiar, sendo que apenas cinco destas acabaram sendo transferidas para a cidade, estando em unidades femininas para pacientes em estado agudo. “O que há são pessoas com distúrbios mentais que precisam ser cuidadas”, aponta o líder do governo.

Vale lembrar, ainda, que a ida dessas pacientes à Feira de Santana atende a determinação do Poder Judiciário, da Defensoria e do Ministério Público. “Pegou fogo no HCT em Salvador. É para fazer o que com os pacientes? Eles não são dejetos humanos. São seres humanos. Não tem hospital deste tipo para ser construído em Feira. Fazer política como estão fazendo, de forma baixa, criando factóide, é um absurdo,  mesquinhez e esquecimento dos Direitos Humano”, enfatizou Zé Neto.

“Falta” de privada no Clériston Andrade. “É assim que se faz política?

Surpreendido com a fotografia em que um homem defeca em uma lixeira nas dependências de uma unidade hospitalar – que segundo a oposição tratava-se do Hospital Geral Clériston Andrade, instituição que presta serviços a pacientes de várias cidades baianas – Zé Neto considerou essa postura como “deplorável”.

De acordo com a diretoria do Hospital, os baldes de lixo obedecem a padrão de identificação, a unidade não possui nenhuma porta revestida com material metálico, o piso, a maçaneta da porta e a disposição das divisórias – como aparecem nas fotos – não correspondem a nenhum setor do HGCA. O hospital também informa que não há banheiros interditados na unidade e que o hospital dispõe de sanitários em todas as enfermarias, corredores, tanto para pacientes e acompanhantes como para os funcionários.

Dessa forma, fica demonstrada claramente que a fotografia não retrata o ambiente do Clériston Andrade.

Ontem (22) Zé Neto conversou com o vereador Alberto Nery (PT) e hoje com o vereador Beldes Ramos (PT) e eles informaram que irão o convocar a oposição e a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Feira para fazer uma visita ao Clériston Andrade para acabar de vez com essa situação.

“Nós estamos fazendo oposição em Feira com extremo respeito ao povo da cidade, inclusive o governador Jaques Wagner está investindo e não vamos deixar de investir porque o prefeito é de oposição. Agora, usar uma foto daquela, de maneira mentirosa e isso se tornar bandeira para fazer oposição ao governo do Estado na Câmara de vereadores, é um absurdo de quem nada tem a acrescentar”, sinalizou Zé Neto, ao apontar que as providencias legais quanto a esta farsa devem ser tomadas.

Zé Neto ainda chamou a atenção para a oposição que o Estado faz e a que recebe.

“Nós fazemos oposição trabalhando para construir caminhos, alternativas e solução para os problemas. Não fazemos apenas críticas, muito menos desnutrida de informações ou mesmo na base da mentira, do factóide, em um tipo de atitude que não vai trazer ganhos reais para a cidade. Vamos fazer disputa de idéias, de projeto, fazer política de forma que a população enxergue que os políticos estão buscando atender as suas demandas. Isso sim, é que vale a pena”, finalizou Zé Neto.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111083 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]