Ex-prefeito Tarcízio Pimenta emite nota e diz que relação entre prefeitura de Feira de Santana e Subaé Brasil foi estabelecida por José Ronaldo

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.

O ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Suzart Pimenta Junior, emitiu nota de esclarecimento, hoje (15/04/21013), após matéria divulgada pelo Jornal Grande Bahia com título ‘MPF denuncia ex-gestores da Subaé Brasil, ex-servidor e ex-prefeito do município de Feira de Santana por corrupção e lavagem de dinheiro’. Pimenta diz que espera a citação pela Justiça Federal, caso a mesma acolha a denúncia do Ministério Público Federal. Para então proceder aos devidos esclarecimentos e a necessária defesa processual.

Mas, o que a nota traz de revelador é que o ex-prefeito acusa a administração de José Ronaldo de Carvalho, atual prefeito pelo DEM, de no período de 2002 a 2008, ter estabelecido relações com a Cooperativa de Crédito do Vale do Subaé (Subaé Brasil). Ele salienta que o fato precede o momento em que assume o cargo de prefeito em 2009. Pimenta finaliza a nota afirmando que pauta-se por princípios da probidade e da honestidade.

Confira a íntegra da nota

Os atos atribuídos ao ex-prefeito Tarcízio Pimenta, através do Ministério Público Federal (MPF), deverão ser esclarecidos tão logo a Justiça Federal oficialize o recebimento da denúncia e promova a sua comunicação oficial. Mas, ainda assim, faz-se necessário alguns esclarecimentos acerca do caso.

Inicialmente, o ex-prefeito Tarcízio Pimenta nega qualquer participação em ato ilícito capaz de promover dano ao erário público, assim como de ferir os princípios que regem a administração pública consagrados na Constituição Federal.

O ex-prefeito lembra que assumiu o cargo de Chefe do Poder Executivo em janeiro de 2009, já encontrando a Cooperativa de Crédito do Vale do Subaé entre os bancos credenciados pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, não recaindo sobre ele qualquer fato ocorrido entre os anos de 2002 a 2008, conforme aponta o Ministério Público Federal.

Tarcízio Pimenta está tranquilo quanto aos fatos. As acusações imputadas a ele não atingem a sua honra, pois tem pautado sua trajetória política sob os princípios da probidade e da honestidade.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).