EMBASA implanta novos sistemas e amplia oferta de água na região de Serrinha e Conceição do Coité

Equipamentos modernos foram instalados pela EMBASA.
Equipamentos modernos foram instalados pela EMBASA.
Equipamentos modernos foram instalados pela EMBASA.
Equipamentos modernos foram instalados pela EMBASA.

Mais de 260 mil habitantes de sete cidades do Território do Sisal, região que atravessa uma das mais severas estiagens dos últimos 50 anos, foram beneficiados pela ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Serrinha, obra realizada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). O sistema ampliado está operando em fase de teste, chegando a distribuir água com uma vazão 30% maior do que era possível oferecer nas cidades de Serrinha, Conceição do Coité, Biritinga, Lamarão, Teofilândia, Retirolândia e Barrocas.

Quando os testes forem concluídos, o incremento será de 50% na oferta de água para estas cidades e as localidades de Camiranga, Bela Vista, Saquinho, Chapada, Malhada do Alto, Subaé, Mato Fino, Mato Grosso (Serrinha), Aroeira, Bandiaçu, Altinho da Vargem, Toboleiro, Fazenda Correia, Pinda, Santa Cruz, Goiabeira, Juazeirinho, Açude Itaranti, Lajinha, Caruaru, Santa Rosa, Santa Rosa II (Conceição do Coité), Jitaí, Bom Gosto (Barrocas) e Jibóia (Retirolândia).

Sistemas implantados pela EMBASA ampliam a oferta de água potável.
Sistemas implantados pela EMBASA ampliam a oferta de água potável.

Com a ampliação, o SIAA de Serrinha passou a captar 450 litros de água por segundo em 16 poços profundos, graças à perfuração e montagem de mais cinco poços, à instalação de adutora com maior diâmetro e à construção de estações de bombeamento e de reservatórios.

Abastecimento regularizado

Segundo o gerente local da Embasa em Serrinha, André Felipe Queiroz, a melhoria no abastecimento do município é expressiva. “Nos últimos meses vivenciamos um período de constantes interrupções no fornecimento que foram necessárias para a realização da obra. Hoje o abastecimento está acontecendo com regularidade e, com o aumento do volume, temos condição de atender à crescente demanda de água por parte da população”, ressalta.

Em Conceição do Coité, o abastecimento também teve um avanço expressivo. Além disso, para melhorar as condições de abastecimento, nas áreas mais altas da cidade, a Embasa concluiu, na semana passada, a instalação de uma estação elevatória (conjunto de bombas) para aumentar a oferta de água nesses locais.

A obra de ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento Serrinha/Coité conta com um investimento de R$ 42,1 milhões de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Foi iniciada em 2010 com o objetivo de melhorar o serviço de abastecimento de água na região e atender a novas ligações.

Sobre Carlos Augusto 9460 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).