Durante evento na FAEB, lideranças do governo Wagner falam sobre ações que mitiguem a estiagem

“Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Este é o maior número de investimentos já visto na Bahia”, disse Rui Costa ao destacar o Programa Água para Todos.
“Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Este é o maior número de investimentos já visto na Bahia”, disse Rui Costa ao destacar o Programa Água para Todos.
“Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Este é o maior número de investimentos já visto na Bahia”, disse Rui Costa ao destacar o Programa Água para Todos.
“Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Este é o maior número de investimentos já visto na Bahia”, disse Rui Costa ao destacar o Programa Água para Todos.

Com o objetivo de apresentar aos agricultores um balanço das medidas realizadas ao longo dos seis anos do Governo Jaques Wagner, dentre ações emergenciais e estruturantes, o secretário estadual da Casa Civil e coordenador do Comitê Estadual para Ações de Convivência com a Seca, Rui Costa, esteve presente no evento promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb).

A apresentação, que teve como pauta as ações para convivência com a seca, aconteceu nesta terça-feira (09/04/2013,), no auditório da Faeb. Estiveram presentes o secretário estadual de Agricultura, Eduardo Salles, o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), o Presidente do Sistema Faeb/Senar, João Mantins da Silva Júnior, e agricultores de várias regiões do Estado.

Na oportunidade Rui Costa apresentou dados técnicos e níveis das barragens em todo Estado. Destacando a Barragem de Pedras Altas, inaugurada em janeiro deste ano, e que já beneficia 200 mil moradores da região Sisaleira. “O investimento total foi de R$ 59,3 milhões”, disse.

O secretário destacou, também, algumas marcas alcançadas pelo Governo no período de 2007 a dezembro de 2012, como a perfuração de 3.376 poços, a implantação de 3.483 sistemas de abastecimento de água, a construção de 93.633 cisternas de consumo e 8.000 de produção. Rui falou ainda sobre as previsões para 2013, como a perfuração de mais 850 poços (números só da Cerb), a implantação de mais 700 sistemas de abastecimento de água, a construção de 15.000 de produção e 94.000 contratadas de cisternas de consumo, essas últimas no período de 2013/2014.

Ao falar do Programa Água para Todos, o secretário Rui Costa disse que fica claro a inversão de padrão de investimentos, uma vez que serão investidos até o final de 2014 R$ 4,5 bilhões no acesso a água e R$ 4 bilhões em rede de esgoto. “Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Este é o maior número de investimentos já visto na Bahia”, destacou.

O Presidente do Sistema Faeb/Senar disse que a Federação possui programas que capacitam anualmente cerca de 50 mil pequenos produtores, e ainda em seu discurso citou a existência de um programa que prepara as famílias que vivem da agricultura para situações de seca, como essa que tem assolado todo Estado.

“Com o programa da Faeb, já implantamos 12 unidades de difusão de palmas, no mês de maio estaremos inaugurando a biofábrica e em um convênio com a Prefeitura de Miguel Calmon, estaremos construindo mais uma biofábrica, com licitação já existente”, disse João Martins, que colocou a instituição a disposição do governo para tentar minimizar os efeitos da seca no Estado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110948 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]