Feira de Santana: SESAB desmente transferência de custodiados para o Hospital Geral Clériston Andrade e fala em uso político da informação

Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que em momento algum decidiu junto com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) pela implantação de um hospital de custodia nas dependências anexas ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), também conhecida como unidade de retaguarda – antiga célula de internação do Hospital Colônia Lopes Rodrigues, localizado em Feira de Santana.

O que ocorreu foi uma visita técnica de representantes destas duas secretarias para verificar a possibilidade de acomodação provisória das pessoas internadas no Hospital de Custódia da Bahia (HCB), localizado em Salvador, para o HGCA, enquanto o HGB está sendo reformada, em virtude do incêndio ocorrido em suas dependências. Mas, após a visita técnica foi descartado o deslocamento dos custodiados para o Clériston Andrade, por inviabilidade operacional de deslocamento dos mesmos.

A Sesab estranha a reação e utilização política, gerada a partir de uma visita técnica das duas secretarias de estado, que tinha apenas o objetivo de verificar viabilidades técnicas de transferência dos custodiados, sem decisões definitivas sobre o assunto.

 Deputado Zé Neto protesta e classifica como mentira fotomontagem creditada ao HGCA

O deputado estadual e líder do governo na AL-BA, Zé Neto, classificou como uma mentira a fotomontagem que circula na internet, onde é atribuída crítica ao funcionamento do Hospital Geral Clérsiton Andrade (HGCA), indicado falsamente que a situação ocorreu dentro das instalações hospitalares. O deputado promete que os envolvidos serão processados criminalmente.

Confira o teor da nota

“Mentira!

Essa fotografia não foi tirada no Hospital Clérsiton Andrade (HGCA).

No HGCA não existe um piso igual a esse; não há portas com bandeiras metálicas no hospital; não há, se quer, maçaneta parecida com a que consta na foto; e numa unidade com cerca de 70 sanitários, uma situação dessa seria totalmente incabível.

As medidas legais e penais serão tomadas, e a origem desse crime de difamação, dentre outras modalidades penais, será devidamente apurada para que as disputas sejam feitas no campo das ideias, dos conceitos e das proposições.”

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9308 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).