Deputado Paulo Azi lamenta aumento de pedágio e diz que Wagner ignora esforço da presidenta em conter inflação

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

O deputado Paulo Azi – presidente estadual do Democratas, disse que o governador Jaques Wagner parece não rezar na mesma cartilha da presidente Dilma Rousseff. Isso por conta do reajuste que será aplicado a partir da 0h desta segunda-feira (29/04/2013), nas tarifas de pedágio da BA- 093 e demais rodovias administradas pela Concessionária Bahia Norte.

“Enquanto a presidente Dilma se esforça na tentativa de conter a disparada da inflação, até reduzindo tarifas de impostos de determinados bens e serviços, o governador Wagner parece ignorar esse empenho e autoriza o aumento das tarifas de pedágio, em índice superior à inflação medida no último ano”, criticou Azi, lembrando que quando anunciou a privatização da BA – 093, o governo justificou que se daria em função da necessidade de se realizar de imediato a duplicação da rodovia, beneficiando inicialmente os trechos da BR-324 que levam à entrada de Camaçari e posteriormente à entrada do município de Dias D’avila, o que não foi cumprindo até agora.

“Anos se passaram e não temos conhecimento de qualquer ação física que nos faça lembrar a duplicação da BA-093”, cobrou o parlamentar, frisando que o aumento do pedágio penaliza milhares de usuários que trafegam pelas rodovias estaduais, gerando desconforto e sentimento de revolta.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108110 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]