Deputado Carlos Geilson critica PT na Bahia

A demissão do radialista Roque Santos da Rádio Sucesso FM foi criticada pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (23/04/2013). O parlamentar considerou o caso como decorrente da intransigência do PT na Bahia, uma vez que a demissão aconteceu após o radialista “abrir os microfones” do programa Alerta 1ª Edição, para as inúmeras reclamações da população sobre gestão do prefeito de Camaçari, Ademar Delgado das Chagas (PT).

Geilson informou que assessores do prefeito procuraram Roque Santos para solicitar o encerramento da participação popular, o que não aconteceu e resultou na demissão do comunicador. “O governo do PT quer que a população fique calada. Essa não é a primeira vez que o PT age dessa maneira. Foi assim comigo e com o deputado e radialista Uziel Bueno. Manifesto aqui a minha solidariedade e carinho ao radialista Roque Santos”, frisou.

Audiência – Ainda em crítica a intransigência do PT no estado, Carlos Geilson informou que há três meses o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (DEM), tenta marcar audiência com o governador Jaques Wagner, sem sucesso. “E a audiência não acontece, porque o líder do governo impõe que José Ronaldo passe por ele”, afirmou.

De acordo com o deputado, o governador tem obrigação de atender o prefeito eleito pela maioria da população feirense. “Ora, deputado José Neto, se não quer ajudar, não atrapalhe. O senhor está se colocando contra os interesses de Feira de Santana e isso é lamentável sobre todos os aspectos”, assinalou.

Sobre Carlos Augusto 9448 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).