Da tribuna da AL-BA, Deputado Carlos Geilson responde às críticas de Zé Neto e fala em discurso vazio

Zé Neto deveria rebater as críticas feitas anteriormente por ele com argumentos, e não com um discurso vazio e sem conteúdo, afirma Carlos Geilson.
Zé Neto deveria rebater as críticas feitas anteriormente por ele com argumentos, e não com um discurso vazio e sem conteúdo, afirma Carlos Geilson.
Zé Neto deveria rebater as críticas feitas anteriormente por ele com argumentos, e não com um discurso vazio e sem conteúdo, afirma Carlos Geilson.
Zé Neto deveria rebater as críticas feitas anteriormente por ele com argumentos, e não com um discurso vazio e sem conteúdo, afirma Carlos Geilson.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) usou à Tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia nesta segunda-feira (29/04/2013) para responder às críticas disparadas pelo deputado Zé Neto (PT), para o site Jornal Grande Bahia. Para Geilson, Zé Neto deveria rebater as críticas feitas anteriormente por ele com argumentos, e não com um discurso vazio e sem conteúdo.

“Zé Neto tem que responder às críticas que eu fiz e não ficar com esse discurso vazio de argumentos. As reclamações que fiz são sobre este governo que deixa o Corpo de Bombeiros de Feira de Santana sucateado, que até hoje não recebeu o prefeito José Ronaldo (DEM), não construiu uma escola sequer durante esses sete anos de gestão, que vendeu as BAs que dão acesso à Salvador, que tem a VIABAHIA, que continua deixando os buracos nas rodovias e que até hoje não mandou o reajuste dos servidores para a Assembleia. Mas sobre esses assuntos ele fecha os olhos, finge que nada está acontecendo”, afirmou.

“Quanto a critica de que prefeito José Ronaldo não me levou para a audiência com o secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, e com o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira, isso mostra que o prefeito tem autonomia, não precisa de um deputado ‘abre alas’, muito menos para segurar sua pasta como tem político ligado ao governador Wagner que usa dessa prática. E sobre a escolha do secretário de Comunicação de Feira, o prefeito não precisava de uma opinião minha, pois desde o início das composições do secretariado, eu o deixei à vontade para organizar a equipe de governo da forma com que julgasse ser o melhor para Feira de Santana”, alfinetou Geilson.

Leia +

Deputado Zé Neto rebate críticas de Carlos Geilson e insinua que deputado está fora do governo de José Ronaldo em Feira de Santana

Deputado Carlos Geilson critica PT na Bahia

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9299 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).