Vereador Alberto Nery: “Estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado”. Confira debates da CMFS

Alberto Nery: “estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado. E queremos que com essas medidas que serão tomadas pelo prefeito, realmente, venham beneficiar a vida do povo em Feira de Santana”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Alberto Nery: “estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado. E queremos que com essas medidas que serão tomadas pelo prefeito, realmente, venham beneficiar a vida do povo em Feira de Santana”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Alberto Nery: “estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado. E queremos que com essas medidas que serão tomadas pelo prefeito, realmente, venham beneficiar a vida do povo em Feira de Santana”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)
Alberto Nery: “estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado. E queremos que com essas medidas que serão tomadas pelo prefeito, realmente, venham beneficiar a vida do povo em Feira de Santana”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

Alberto Nery critica transporte público

O vereador Alberto Nery (PT), esta semana, após enfatizar na tribuna da Câmara Municipal a aula magna da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), que teve como tema “Mobilidade Urbana”, cobrou dos órgãos

A aula inaugural para celebrar o início do semestre letivo 2013.1 da Uefs foi realizada, na última segunda-feira, no anfiteatro do Campus Universitário. O palestrante, o ex-ministro das Cidades, Olívio Dutra, discursou acerca da pressão que os grupos privados, a exemplo da indústria automobilística, exercem sobre a locomoção individual com ênfase para o transporte público coletivo.

Nery destacou a fala do ex-ministro, que, segundo o vereador, disse que para haver um transporte de qualidade é necessário que se tenha um gestor fiscalizador e que cobre da empresa prestadora de serviço a melhoria do transporte.

Na oportunidade, o edil disse que o prefeito José Ronaldo esteve em Brasília, recentemente, com o objetivo de buscar recursos do Governo Federal através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), para o sistema de transporte coletivo.

O petista informou que o chefe do Executivo, após a viagem, anunciou que irá construir dois novos terminais de ônibus para melhorar o transporte na cidade de Feira de Santana. Para Nery, sem a participação do Governo Federal seria inviável melhorias significativas no transporte do município.

No tocante aos terminais de ônibus existentes, o vereador criticou o sistema. “Quando foram construídas as estações de transbordos eram para melhorar a qualidade de vida da população. Estes transbordos se tornaram um transtorno para o povo de Feira. Queremos ter em Feira de Santana um transporte, realmente, de qualidade”.

Ele acrescentou: “estamos vivendo nesta cidade com um transporte sucateado e ultrapassado. E queremos que com essas medidas que serão tomadas pelo prefeito, realmente, venham beneficiar a vida do povo em Feira de Santana”, pontuou.

Ronny indica policlínica para distrito e defende parcerias para melhorar a saúde pública 

Em discurso, esta semana, na tribuna da Casa da Cidadania, o vereador Ronny (PSDB) falou sobre a importância da realização de parcerias entre Estado, Município e Governo Federal, para a melhoria da qualidade da saúde pública no município de Feira de Santana.

Ele informou que Feira de Santana possui 85 unidades do Programa Saúde da Família (PFS), 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e seis policlínicas, sendo cinco na sede e uma no distrito de Humildes.  “Imaginem! Se não houvesse esses órgãos de saúde em Feira de Santana como seria o caos no Hospital Geral Clériston Andrade?”, indagou.

O vereador salientou que vários procedimentos médicos que eram prestados no HGCA, agora, são feitos em unidades de saúde do Município, o que, segundo ele, diminui bastante a demanda e melhora o atendimento do hospital do Estado. “Não é um favor que o Município está fazendo não; é obrigação do Poder Executivo trazer essas benfeitorias para a nossa cidade”, afirmou.

Como forma de desafogar o atendimento no HGCA, Ronny disse que a população precisa ser informada que nem todos os procedimentos médicos são feitos naquele hospital. “O Clériston Andrade é uma unidade de urgência e emergência. Lá, não se pode está fazendo um atendimento laboratorial, por exemplo. É pra isso que existe as Unidades Básicas de Saúde”, ressaltou.

Preocupado com a situação da saúde pública no município de Feira de Santana, o vereador defendeu a implantação de mais policlínicas, inclusive encaminhou uma indicação solicitando do Executivo Municipal uma unidade para o distrito Maria Quitéria. Ele também defende relações de parceria entre os Governos Municipal, Estadual e Federal para melhorar os serviços de saúde em Feira de Santana.

 

Sobre Carlos Augusto 9460 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).