Reitores das universidades estaduais da Bahia pedem apoio ao MEC

Gestores da Uneb, Uefs, Uesc e Uesb se reúnem com Aloizio Mercadante.
Gestores da Uneb, Uefs, Uesc e Uesb se reúnem com Aloizio Mercadante.
Gestores da Uneb, Uefs, Uesc e Uesb se reúnem com Aloizio Mercadante.
Gestores da Uneb, Uefs, Uesc e Uesb se reúnem com Aloizio Mercadante.

O Fórum dos Reitores das Universidades Estaduais da Bahia foi a Brasília na tarde de hoje (05/03/2013) para buscar o apoio do Ministério da Educação (MEC) às demandas da comunidade acadêmica.

Os gestores das universidades do Estado da Bahia (Uneb), Estadual de Feira de Santana (Uefs), Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) pediram ao ministro Aloizio Mercadante (MEC) o fortalecimento da parceria entre o órgão federal e as instituições estaduais, visando ampliar a oferta e a qualidade do ensino de graduação e pós-graduação e da pesquisa universitária.

No encontro, que foi agendado pelo deputado federal Waldenor Pereira (PT), ex-reitor da Uesb, os reitores solicitaram que o MEC destine recursos principalmente para as áreas de infraestrutura e melhorias dos cursos oferecidos.

De acordo com o reitor da Uneb, Lourisvaldo Valentim, presidente do fórum dos reitores, o ministro se mostrou disposto a fortalecer o relacionamento com as universidades estaduais, a fim de colaborar com os esforços do governo do estado voltados para a educação superior pública.

Sobre Carlos Augusto 9404 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).