Presidenta Dilma Rousseff troca ministros, mudanças atingem Ministério do Trabalho, Agricultura, SAE e SAC

Dilma Rousseff troca ministros.
Dilma Rousseff troca ministros.
Dilma Rousseff troca ministros.
Dilma Rousseff troca ministros.

Dilma faz mudanças na Esplanada e anuncia dois novos ministros

A presidenta Dilma Rousseff anunciou ontem (15/03/2013) quatro mudanças em seu ministério, com dois novos nomes no governo e rearranjo em outras pastas. A minirreforma atinge os ministérios da Agricultura, do Trabalho e as secretarias de Assuntos Estratégicos (SAE) e de Aviação Civil (SAC).

As mudanças foram confirmadas por meio de nota da Secretaria de Comunicação da Presidência. “A presidenta Dilma Rousseff agradeceu a dedicação, o empenho e os inestimáveis serviços prestados pelos ministros Mendes Ribeiro, Brizola Neto e Wagner Bittencourt em suas áreas. Eles continuarão contando com seu apoio e confiança”, diz o texto.

O deputado Antonio Andrade (PMDB-MG) será o novo ministro da Agricultura. O atual titular da pasta, Mendes Ribeiro, deixará o governo e voltará para a Câmara dos Deputados, onde tem mandato até 2014.

O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco, deixará a pasta para assumir a Secretaria de Aviação Civil, atualmente comandada pelo ministro Wagner Bittencourt, que deixa o governo. Com a saída de Moreira Franco, a SAE será comandada interinamente pelo secretário executivo, Roger Leal.

No Ministério do Trabalho, Dilma substituiu Brizola Neto, que estava no governo há menos de um ano, pelo secretário-geral do PDT, Manoel Dias. O novo ministro é ligado ao ex-titular da pasta Carlos Lupi, afastado em dezembro de 2011 após denúncias de corrupção no ministério.

Os novos ministros tomarão posse amanhã (16), em um cerimônia coletiva no Palácio do Planalto. O governo decidiu agilizar a posse porque Dilma viaja no domingo (17) para o Vaticano, onde participará da cerimônia de coroação do papa Francisco na próxima terça-feira (19).

O novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, fala à imprensa, no Palácio do Planalto.
O novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, fala à imprensa, no Palácio do Planalto.

Novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, é um dos fundadores do PDT

O novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, é natural de Santa Catarina e chegou a ser cotado para ocupar a pasta no lugar do então ministro Carlos Lupi. Atualmente, é secretário geral do PDT.

Maneca, como também é conhecido, é um dos fundadores do PDT. Foi companheiro fiel do ex-governador Leonel Brizola e discípulo e amigo de Doutel de Andrade.

Manoel Dias foi líder estudantil até entrar na política partidária e disputar a primeira eleição para vereador. Por duas vezes foi cassado no regime militar. A primeira quando era vereador, em 1964, com base no Ato Institucional nº 1, e a segunda, em 1969, quando era deputado estadual de Santa Catarina pelo Ato Institucional nº 5.

Antes de ser indicado ministro do Trabalho, Dias vinha se dedicando à construção do PDT em todo o território nacional. Em 2010, ele foi candidato a vice-governador de Santa Catarina na coligação encabeçada pela então deputada Angela Amin (PP).

 Novo ministro do Trabalho diz que prioridade é melhorar atendimento ao cidadão

O novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, indicado ontem (15/03/2013) pela presidenta Dilma Rousseff, disse que vai assumir a pasta com a tarefa de melhorar o atendimento ao cidadão que procura os serviços do ministério.

A orientação da presidenta, segundo Dias, é melhorar o atendimento na ponta, nos municípios. “Aqui [em Brasília ] tem gabinetes, palácios, mas lá no interior do país, nos municípios, é onde estão situados os escritórios, as agências do Ministério do Trabalho. São os locais onde os trabalhadores vão buscar os seus direitos, fazer as suas carteiras de Trabalho, enfim, têm que ser um órgão moderno, informatizado, confortável”, disse. “Nós vamos fazer um grande plano de transformar essa ponta do ministério em um órgão de referência”, ressaltou.

Dias vai substituir o também pedetista Brizola Neto, que estava no Ministério do Trabalho há menos de um ano, desde maio de 2012. Com a mudança, a pasta volta a ser liderada pelo grupo do PDT ligado ao ex-ministro e presidente da legenda, Carlos Lupi, que deixou o governo em 2011 após denúncias de corrupção.

O novo ministro, que é secretário geral do PDT, disse que sua tarefa no partido “é carregar pedras” e que vai trabalhar para “harmonizar” a legenda.

A posse de Dias está marcada para amanhã (16), junto com os novos ministros da Agricultura, Antônio Andrade, e da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco (que ocupava a Secretaria de Assuntos Estratégicos), também indicados hoje.

Além da melhora no atendimento ao público, Manoel Dias, pretende dar continuidade à “mágica” de manter o crescimento do nível de emprego mesmo diante da desaceleração da economia. “É uma mágica, mas que está gerando emprego. Estamos hoje com um crescimento motivado não só pela indústria brasileira, mas também serviços, construção civil”, disse.

Na avaliação do ministro, apesar do baixo crescimento da economia, o governo tem conseguido atender as demandas populares e resgatar a cidadania de milhões de brasileiros. “Minha meta é cumprir com o plano do governo federal, da presidenta Dilma. O Ministério do Trabalho tem um papel importante nesse projeto. No sentido de qualificar melhor os trabalhadores, de melhorar o atendimento”, declarou.

Wellington Moreira Franco deixa o comando da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República.
Wellington Moreira Franco deixa o comando da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República.

Moreira Franco deixa a SAE para comandar a Secretaria de Aviação

O novo ministro da Secretaria de Aviação, Moreira Franco, deixa o comando da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República, cargo que ocupa desde o início do governo da presidenta Dilma Rousseff.

Natural de Teresina, Piauí, Moreira é formado em sociologia e foi professor universitário. O ministro começou a sua militância política ainda na vida estudantil, quando combateu a ditadura militar.

Moreira Franco foi prefeito de Niterói. Em 1987, foi eleito governador do Rio de Janeiro e chegou à Câmara Federal em 1995, onde exerceu mais de um mandato como representante fluminense.

Amigo pessoal do vice-presidente da República, Michel Temer, Moreira Franco sempre foi um grande articulador político e um dos expoentes do PMDB. Foi assessor especial do então presidente Fernando Henrique Cardoso, de 1999 até 2002. No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocupou a vice-presidência de Fundos e Loterias da Caixa Econômica Federal.

Novo Ministro de Estado da Agricultura, 
Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade.
Novo Ministro de Estado da Agricultura, 
Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade.

Novo ministro da Agricultura é produtor rural em Minas Gerais

O novo ministro da Agricultura, deputado Antônio Andrade, é natural de Patos de Minas e está em seu segundo mandato como deputado federal pelo PMDB. Andrade substitui na pasta o também deputado Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS), que vai retomar o mandato.

O novo ministro é engenheiro civil e produtor rural. Começou a carreira política como prefeito de Vazante (MG) no período de 1989 a 1992. Depois foi deputado estadual em Minas por três legislaturas. Membro da bancada ruralista na Câmara, Andrade ocupou a presidência da Comissão de Finanças e Tributação até o último dia 7.

Antônio Andrade foi presidente do Sindicato Rural de Vazante, presidente da Associação Microrregional dos Municípios do Noroeste de Minas Gerais e diretor da Associação Mineira de Municípios.

Como deputado federal, o novo ministro integrou as comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, de Minas e Energia, de Finanças e Tributação, de Constituição e Justiça, de Desenvolvimento Econômico, e ainda a comissão especial Agroindústria e Produtor Rural. Também integrou Frente Parlamentar da Cadeia Produtiva do Leite, entre outras.

Leia +

Presidenta Dilma Rousseff diz que troca de ministros fortalece coalizão

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108901 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]