Para socialistas, Salvador tem pouco a comemorar nos 464 anos de fundação da cidade

A rejeição das contas do ex-prefeito João Henrique Carneiro (PP), relativas ao exercício de 2010, e a não adoção do Programa Alfa e Beto, na rede municipal de ensino, são os presentes que a população soteropolitana merece receber no aniversário de 464 anos da capital baiana, de acordo com os vereadores socialistas Fabíola Mansur e Silvio Humberto.

Segundo Silvio Humberto, presidente da Comissão de Educação do Legislativo Municipal, “o Alfa e Beto representa um retrocesso na educação de Salvador e a prefeitura precisa reconhecer que este programa é um equívoco”, diz.

Já para líder socialista na Câmara Municipal, vereadora Fabíola Mansur, Salvador não tem nada a comemorar no aspecto da mobilidade urbana. “A população aguarda há 13 anos uma definição sobre o metrô de Salvador. Eu sou uma das vereadoras que torce por uma tarifa única e barata. Sem contar que a capital tem uma das piores arrecadações tributárias do Brasil, o que compromete o investimento em projetos sociais”, frisa.

O presidente da Executiva Municipal do PSB-BA, Waldemar Oliveira, também aponta o trânsito como um dos principais gargalos da capital, embora reconheça que houve avanços no esgotamento sanitário. “A cidade evoluiu, cresceu, mas ainda é preciso melhorias, principalmente no tráfego, que é caótico. O número de automóveis aumentou, mas as artérias para desafogar o trânsito, não”, cita Oliveira.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108072 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]