Obras a serem inauguradas neste final de semana beneficiam mais de 255 mil baianos do semiárido

CODEVASF investe no aproveitamento hídrico.
CODEVASF investe no aproveitamento hídrico.
CODEVASF investe no aproveitamento hídrico.
CODEVASF investe no aproveitamento hídrico.

Mais de 255 mil habitantes do semiárido baiano serão beneficiados com uma série de obras que serão inauguradas neste final de semana.  Nos municípios de Curaçá, Juazeiro (dia 22/03/2013) e Glória (dia 23), serão entregues à população Sistemas de Abastecimento de Água (SAAs), como parte das ações do programa Água para Todos, do governo federal, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e executado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em sua área de atuação.

Em Juazeiro, também será inaugurado o sistema de tratamento de resíduos sólidos urbanos e em Glória será entregue o Sistema de Esgotamento Sanitário (SES), no âmbito do Programa de Revitalização das Bacias Hidrográficas do São Francisco e do Parnaíba. As solenidades contarão com as presenças do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra; do presidente da Codevasf, Elmo Vaz, e do governador da Bahia, Jaques Wagner, entre outras autoridades.

Os recursos para implantação das obras são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. Em 2012, a Codevasf concluiu, na Bahia, a implantação de Sistemas de Abastecimento de Água em Abaré, Curaçá, Glória, Juazeiro e Serra do Ramalho, envolvendo recursos da ordem de R$ 54,7 milhões. Em Curaçá, foram aplicados R$ 13,4 milhões na instalação de 20 sistemas, que beneficiarão cerca de 5,8 mil pessoas, de 53 localidades.

Em Juazeiro, nesta etapa, o investimento foi de R$ 7,8 milhões. Cerca de 9,6 mil pessoas serão beneficiadas. Outros cinco SAAs estão em fase de conclusão no município e mais de 7,1 mil pessoas serão atendidas, totalizando recursos da ordem de R$ 7,2 milhões. Já em Glória, foram investidos R$ 7,8 milhões na implantação de dois sistemas que atenderão 5,7 mil habitantes de 12 localidades.

A Codevasf também está concluindo obras em outros municípios baianos, como em Sento Sé, Sítio do Mato e Malhada. A execução das obras desses Sistemas de Abastecimento de Água envolve investimentos de R$ 51,7 milhões e beneficiará cerca de 38,3 mil pessoas em 104 localidades.

As obras de implantação dos SAAs integram a estratégia da empresa para enfrentamento da seca, considerada a pior dos últimos 50 anos – um total de 250 municípios baianos decretaram estado de emergência devido a estiagem. “É gratificante poder empreender ações que aliviam o sofrimento da população do semiárido, especialmente num momento em que o Nordeste enfrenta os efeitos de uma das piores estiagens de sua história”, afirma o presidente da Codevasf, Elmo Vaz.

O SAA é composto de captação flutuante no rio São Francisco, adutora de água bruta até o local da Estação de Tratamento de Água (ETA), que pode ser do tipo compacta ou do tipo convencional, adutora de água tratada, reservatório de acumulação e rede de distribuição. Depois de concluída a obra, a Codevasf repassa o Sistema de Abastecimento de Água para a Prefeitura Municipal por meio de Termo de Transferência.

Esgotamento sanitário 

Em Glória, neste sábado (23), será entregue também à população outra importante obra. Trata-se do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município. No empreendimento, foram investidos R$ 8 milhões, que irá beneficiar cerca de 4,3 mil pessoas.

O SES é composto de sistema separador absoluto compreendido em rede coletora convencional e condominial, ligações domiciliares, estação elevatória de esgoto e estação de tratamento de esgoto (Digestor Anaeróbio de Fluxo Ascendente – DAFA, lagoa facultativa e lagoa de maturação). Com a conclusão da obra, a Codevasf repassa os sistemas para a Prefeitura Municipal colocar em operação por meio de Termo de Transferência.

Além de Glória, a Codevasf concluiu, em 2012, obras de implantação de SES nas cidades baianas de Abaré, Gentio do Ouro, Morro do Chapéu e Caturama, envolvendo um total de recursos da ordem de R$ 27 milhões, atendendo mais de 33 mil pessoas.

A implantação de Sistemas de Esgotamento Sanitário tem sido uma das ações prioritárias da Codevasf em municípios com até 50 mil habitantes situados nas bacias do rio São Francisco e do Parnaíba. Até 2014, os investimentos da empresa nessa área terão sido de R$ 2,1 bilhões. O esgotamento sanitário traz uma série de benefícios como a melhoria das condições sanitárias locais, a conservação dos recursos naturais e a eliminação de focos de poluição. Para Glória, mais R$ 2 milhões estão assegurados para complementação do sistema, pela Codevasf, o que garantirá a universalização do serviço no município.

Tratamento de resíduos sólidos 

Em Juazeiro, também na sexta-feira (22), será inaugurada a remediação ambiental do lixão. A obra, que beneficiará uma população de 230 mil pessoas, contou com investimentos da ordem de R$ 3,1 milhões. A ação integra o Programa de Revitalização das Bacias Hidrográficas, do governo federal, executado pela Codevasf em sua área de atuação.

A obra, além de remediar o lixão existente no município, também permite a disposição adequada dos resíduos por meio de um aterro controlado com área de vazadouro de cerca de 40 hectares e capacidade de 156,12 t/dia. Foram construídas duas células: uma para fase de remediação e outra para requalificação do lixo. A operação do aterro controlado está a cargo da Prefeitura Municipal de Juazeiro.

Além disso, já estão assegurados no PAC recursos de R$ 10,2 milhões para implantação, pela Codevasf, do aterro sanitário do consórcio Sobradinho-Juazeiro, obra que beneficiará as populações dos dois municípios

Até 2014, estão previstos investimentos da ordem de R$ 83 milhões pela Codevasf na instalação de Sistemas Públicos de Coleta, Tratamento e Destinação Final de Resíduos Sólidos. Desde 2007, quando a ação começou, foram projetados e implantados esses sistemas em 85 municípios. O objetivo é aumentar a qualidade da água das bacias dos rios São Francisco e Parnaíba por meio da erradicação de focos poluidores.

Entre os aterros sanitários já implantados pela Codevasf estão o de Ibimirim, em Pernambuco, o de Janaúba, em Minas Gerais, que atende também ao município de Nova Porteirinha; o de Curvelo, abrangendo o município de Inimutaba, além do de Conselheiro Lafaiete, que alcança Ouro Branco e Congonhas. Em fase de execução pela Codevasf está o aterro sanitário de Olho D’Água das Flores, em Alagoas, que beneficia mais 11 municípios daquele estado.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9387 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).