Ex-vereador feirense funda Protege com objetivo de garantir defesa dos direitos dos consumidores

Candidato a vereador, Magno Felzemburg realiza reunião na Euterpe Feirense. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Candidato a vereador, Magno Felzemburg realiza reunião na Euterpe Feirense. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Candidato a vereador, Magno Felzemburg realiza reunião na Euterpe Feirense. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Magno Felzemburg dirige entidade de proteção aos direitos do consumidor. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

A população baiana conta com uma nova entidade civil que atua em defesa dos direitos do consumidor. A Protege – Associação de Defesa e Proteção dos Direitos do Consumidor do Estado da Bahia – foi criada em 2012 e tem como área de abrangência todo o estado da Bahia.

De acordo com o estatuto da Protege, aprovado em Assembleia Geral Ordinária, a instituição, sem fins lucrativos, promove a defesa do consumidor, do Meio Ambiente, da ordem econômica e livre concorrência e do patrimônio histórico, turístico e paisagístico.

Atuação

Em Feira de Santana, a Protege já vem executando ações para garantir a proteção dos direitos dos consumidores. Neste mês de março, o associado fundador da entidade, Magno Felzemburgh, que já foi diretor do Procon feirense, convocou os representantes das redes de supermercado que atuam na cidade para discutir as inadequações destes estabelecimentos, que, consequentemente, prejudicam a comunidade.

Segundo Felzemburgh, apenas duas empresas do setor supermercadista participaram da reunião, o G Barbosa e São Roque. Durante o encontro foi debatida a importância da presença de empacotadores em todos os caixas do estabelecimento comercial, inclusive nos caixas de pequenos volumes, além da redução do tempo de espera nas filas para realizar o pagamento das compras.

Magno faz uma reflexão sobre o tempo de espera nas filas dos supermercados. “Ir ao supermercado com a família era um momento prazeroso, hoje é um dissabor porque as pessoas ficam em torno de 1 hora e meia numa fila aguardando o momento de efetuar o pagamento. O caixa dos idosos também é um tormento, pois o supermercado disponibiliza um único terminal. Nem o caixa de pequenos volumes atende com qualidade”, explica.

Obrigatoriedades

No decorrer da reunião, os representantes dos supermercados foram informados que nos estabelecimentos de grande movimentação é obrigatório que todos os caixas estejam funcionando, além de atenderem com seus respectivos empacotadores. “A Protege irá observar e acompanhar se estas normas estão sendo cumpridas e, caso o contrário, o estabelecimento será notificado”, afirmou Magno.

As demais redes de supermercado que não compareceram à reunião irão responder judicialmente no processo que a Protege irá promover, por meio de Ação Civil Pública.

Os próximos encontros promovidos pela entidade serão realizados com a presença dos superintendentes e gerentes regionais das agências bancárias e, em outra ocasião, a Protege irá reunir-se com os representantes das empresas de transporte coletivo urbano de Feira de Santana e Sincol.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108850 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]