Feira de Santana: publicização do HGCA foi alvo de debates na CDL

Deputada Graça Pimenta: conheci alguns hospitais como o Hospital do Subúrbio, que funcionam com a administração indireta, e percebi que eles estão tendo um atendimento de excelência.
Deputada Graça Pimenta: conheci alguns hospitais como o Hospital do Subúrbio, que funcionam com a administração indireta, e percebi que eles estão tendo um atendimento de excelência.
Debate na CDL sobre publicização do HGCA.
Debate na CDL sobre publicização do HGCA.
Deputada Graça Pimenta: conheci alguns hospitais como o Hospital do Subúrbio, que funcionam com a administração indireta, e percebi que eles estão tendo um atendimento de excelência.
Deputada Graça Pimenta: conheci alguns hospitais como o Hospital do Subúrbio, que funcionam com a administração indireta, e percebi que eles estão tendo um atendimento de excelência.

A publicização do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) foi tema de uma audiência pública realizada, na manhã desta quarta-feira (13/03/2013), na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Feira de Santana. A deputada estadual Graça Pimenta (PR), que é enfermeira e vice-presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa (AL), participou do evento e expôs sua opinião a respeito do assunto.

“Sei que vocês, servidores, querem melhorar a qualidade e a condição de trabalho e oferecer o melhor atendimento e assistência aos pacientes. E como profissional de saúde concordo com isso. Mas conheci alguns hospitais como o Hospital do Subúrbio, que funcionam com a administração indireta, e percebi que eles estão tendo um atendimento de excelência. Por isos, sugiro a ampliação do debate para que a população exponha sua opinião a respeito do assunto e, dessa forma, seja tomada a melhor decisão em prol do povo baiano”, declarou a parlamentar.

O processo de alteração do modelo de gestão de forma indireta por Organização Social (OS) do HGCA, segundo o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, não é privatização. “O hospital permanecerá 100% SUS, continuará a ter um atendimento 100% gratuito, continuará com uma unidade da rede própria da SESAB, será proibido de vender serviços para outros entes públicos ou privados, e continuará sendo a principal porta de entrada de urgência e emergência hospitalar em Feira e região. O que vai mudar é que o corpo dirigente da instituição não será mais nomeado pela Sesab e indicado pelo Governador, mas sim será contratado pela OS. Os recursos que serão aplicados só poderão ser gastos dentro do plano de aplicação previsto”, explicou.

As vantagens do contrato por Organização Social, de acordo com o secretário, são: ativação de todo o potencial de sua plena capacidade instalada, contratação de quadro complementar pela OS, maior flexibilidade para manutenção, aquisição de insumos e reformas, e ampliação dos serviços com a nova unidade de pronto-atendimento 24 horas. Jorge Solla tirou ainda algumas dúvidas referentes ao modelo de gestão. “Os trabalhadores estatutários  continuarão podendo escolher entre permanecer no Clériston, solicitar remoção para outra unidade da rede própria por meio de solicitação formal ou solicitar cessão para o município ou outras instituições sem vinculo”, informou Solla.

Dados referentes a rede estadual de saúde foram apresentados durante a audiência pública. As informações dão conta de que o Hospital Geral Clériston Andrade dispõe de 323 leitos oficialmente cadastrados para atender urgência e emergência. Ao todo são 734 leitos disponíveis ao SUS, incluindo também o Hospital Estadual da Criança (155) e o Hospital Especializado Lopes Rodrigues (256). Além disso, 44,3% das internações em 2012 foram realizadas em hospitais da rede estadual.

O secretário Jorge Solla também apresentou dados que apontam os investimentos realizados no HGCA entre 2007 e 2012, dentre eles a implantação de 60 leitos de longa permanência e 18 leitos de semi intensiva na emergência, além de três equipes de Internação Domiciliar. De acordo com o representante do Governo do Estado há um investimento previsto no valor de R$50 milhões para a construção do novo Hospital Regional de Feira de Santana.

O evento, que contou com a presença de diversos profissionais da área de saúde e servidores do Hospital Geral Clériston Andrade, foi organizado pela Comissão de Saúde e Saneamento da AL, presidida pelo deputado estadual José de Arimatéia (PRB). Também compuseram a mesa da audiência pública a diretora do HGCA, Iraci Leite; o deputado estadual Zé Neto (PT), o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), além de outras autoridades políticas municipais e representantes de sindicatos ligados à saúde.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111013 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]