Em discurso, deputado baiano Bruno Reis diz que Luiz Caetano é Ficha-Suja

Bruno Reis: “Vivemos num estado democrático de direito e devemos preservar o princípio da presunção da inocência. Bata na boca para falar dos secretários Mauro Ricardo e João Carlos Bacelar. Logo a senhora, que se diz a paladina da moralidade. Lembre-se que quem tem ficha suja é o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano."
Bruno Reis: “Vivemos num estado democrático de direito e devemos preservar o princípio da presunção da inocência. Bata na boca para falar dos secretários Mauro Ricardo e João Carlos Bacelar. Logo a senhora, que se diz a paladina da moralidade. Lembre-se que quem tem ficha suja é o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano."
Bruno Reis: “Vivemos num estado democrático de direito e devemos preservar o princípio da presunção da inocência. Bata na boca para falar dos secretários Mauro Ricardo e João Carlos Bacelar. Logo a senhora, que se diz a paladina da moralidade. Lembre-se que quem tem ficha suja é o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano."
Bruno Reis: “Vivemos num estado democrático de direito e devemos preservar o princípio da presunção da inocência. Bata na boca para falar dos secretários Mauro Ricardo e João Carlos Bacelar. Logo a senhora, que se diz a paladina da moralidade. Lembre-se que quem tem ficha suja é o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano.”

O deputado estadual Bruno Reis, vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, rebateu as críticas feitas pela deputada Luiza Maia (PT) à gestão do prefeito de Salvador, ACM Neto, em pronunciamento feito na tribuna da Casa nesta quarta-feira (13). Na sessão anterior, a deputada criticou o prefeito ACM Neto pela manutenção dos secretários Mauro Ricardo (Fazenda) e João Carlos Bacelar (Educação) sob o argumento de que ambos respondiam a ações, o que foi contestado pelo parlamentar com duras críticas à própria deputada e ao seu marido, o ex-prefeito de Camaçari e ex-presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Luiz Caetano (PT).

“Vivemos num estado democrático de direito e devemos preservar o princípio da presunção da inocência. Bata na boca para falar dos secretários Mauro Ricardo e João Carlos Bacelar. Logo a senhora, que se diz a paladina da moralidade. Lembre-se que quem tem ficha suja é o ex-prefeito de Camaçari [Luiz Caetano], que eu desejo muito que seja candidato ao governo do Estado porque desde já não tem uma intenção de voto sequer”, disse Reis, fazendo referência à Operação Navalha, deflagrada em 2007 pela Polícia Federal (PF). O ex-prefeito teria sido preso por assinar convênios e contratos com o governo federal e, em troca, recebido convites para o camarote da Gautama, em Salvador, passeios de lancha, passagens aéreas e hospedagem na cidade. O nome de Luiz Caetano é tido com uma possibilidade do PT para concorrer ao governo do estado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115071 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.