Deputado Jutahy Júnior acusa BC de manipular dados e iludir a população

Jutahy Junior: "A primeira reação à declaração do presidente do Banco Central foi mercadológica: prenúncio de aumentos na taxa de juros Selic. Entretanto, muito mais importante do que a sinalização de aumento da Selic foi o Banco Central anunciar o fracasso da política de controle da inflação do governo. Com sua autonomia minada, o Banco Central, nesse caso, errou e persiste no erro de aceitar passivamente o intervencionismo populista da chefia"
Jutahy Junior: "A primeira reação à declaração do presidente do Banco Central foi mercadológica: prenúncio de aumentos na taxa de juros Selic. Entretanto, muito mais importante do que a sinalização de aumento da Selic foi o Banco Central anunciar o fracasso da política de controle da inflação do governo. Com sua autonomia minada, o Banco Central, nesse caso, errou e persiste no erro de aceitar passivamente o intervencionismo populista da chefia"
Jutahy Junior: "A primeira reação à declaração do presidente do Banco Central foi mercadológica: prenúncio de aumentos na taxa de juros Selic. Entretanto, muito mais importante do que a sinalização de aumento da Selic foi o Banco Central anunciar o fracasso da política de controle da inflação do governo. Com sua autonomia minada, o Banco Central, nesse caso, errou e persiste no erro de aceitar passivamente o intervencionismo populista da chefia"
Jutahy Junior: “A primeira reação à declaração do presidente do Banco Central foi mercadológica: prenúncio de aumentos na taxa de juros Selic. Entretanto, muito mais importante do que a sinalização de aumento da Selic foi o Banco Central anunciar o fracasso da política de controle da inflação do governo. Com sua autonomia minada, o Banco Central, nesse caso, errou e persiste no erro de aceitar passivamente o intervencionismo populista da chefia”

Nesta quinta-feira (21/03/2013), em discurso em Brasília, o deputado federal Jutahy Júnior (PSDB-BA) classificou como manipuladora a gestão da equipe econômica brasileira no controle da inflação. “A passividade do Banco Central deu lugar ao ativismo na errática e assombrosa maquiagem de números”, apontou.

Jutahy Júnior lembrou que, na semana passada, quando divulgou resultados da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o presidente do Banco Central, Alexandre Tomibini, alertou que a inflação poderia estar mudando de patamar e que a onda de aumentos de preços “poderia não ser temporária”.

Segundo o deputado,  para maquiar a realidade dos números, o Banco Central alterou a metodologia de cálculo de calotes das pessoas físicas, que mende o índice de inadimplência. “O nome dessa prática é manipulação. O banco Central comete uma fraude que irá dificultar o trabalho de analistas, acadêmicos e historiadores no futuro”, observou.

Jutahy também qualificou de “ilusionismo grosseiro” o pronunciamento da presidente de Dilma Rousseff em rede nacional de televisão para anunciar a desoneração da cesta básica.  “O governo se apropriou de uma matéria aprovada pelo Congresso Nacional há pouco mais de seis meses e agora lança como inciativa própria por meio de uma escancarada propaganda eleitoral”.

O parlamentar baiano ainda criticou  declaração de recente da presidente Dilma Rousseff que, em comício  em João Pessoa, no Estado da Paraíba afirmou: “podemos fazer o diabo na hora da eleição”. ” É a presidente, misturando de forma diabólica, como de hábito, o interesse público, com o marketing eleitoreiro que agora domina sua agenda”, concluiu.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108671 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]