Produtores de frango integrados da SEARA pedem ajuda ao governo da Bahia

Vista aérea de propriedade rural produtora de frango. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de propriedade rural produtora de frango. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de propriedade rural produtora de frango. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de propriedade rural produtora de frango. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

O governo do Estado, representado pelo chefe de gabinete da SICM (Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração), Luíz Gonzaga, reuniu-se nesta terça-feira (05/02/2013) com o presidente da AIAVE Bahia (Associação dos Produtores Integrados em Avicultura da Bahia), Benedito Batista, e com o diretor-geral do CIS (Centro Industrial do Subaé), José Mercês Neto, para ouvir algumas reivindicações dos produtores associados quanto a relação com a Seara com a AIAVE, que fica localizada em São Gonçalo, a quem os mesmos entregam suas produções.

Segundo o presidente da AIAVE, tem sido difícil manter um diálogo para a validação do novo contrato de parceria estabelecido pela Seara, além do seu Check List que prevê a adequação e melhorias dos galpões de frangos, dos produtores baianos.

“A nossa maior dificuldade é se adaptar ao padrão exigido pela Seara, empresa integrante do grupo do setor alimentício Marfrig Group. Não há abertura para conversa. Não podemos arcar com os gastos dessas reformas individualmente. Para que consigamos automatizar os galpões seria necessário que cada produtor desembolsasse cerca de R$ 50 mil”, explicou Benedito. 

De acordo com o líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Zé Neto (PT), que participou da reunião e vem acompanhando as discussões em torno da estruturação da cadeia produtiva avícola na Bahia, o pedido de ajuda dos produtores de frango, representados no encontro por Benedito Batista, faz que a Seara, que adquiriu da Perdigão a unidade de São Gonçalo, possa fazer jus a todos os apoios que tem recebido do governo federal e do governo estadual, tanto em recursos como em políticas, especialmente as políticas ficais. 

“O que nós queremos nesse instante é contribuir nesse diálogo. Precisamos da empresa trabalhando e produzindo para a economia. E precisamos que aqueles que são integrados, bem como os trabalhadores da planta da empresa, tenham o respeito que merecem e possam também usufruir dos esforços dos governos federal e estadual para incentivar e ampliar os negócios da Seara e do Grupo Marfrig, que é a sua controladora”, disse Zé Neto.

Na oportunidade, o deputado estadual ainda agradeceu à SICM pela participação e colaboração nesse processo. “Fica o agradecimento ao secretário James Correia, e seu subsecretário, Luiz Gonzaga, que nesse momento estão dando a devida atenção a essa situação.  “O próximo passo é marcar com a empresa uma conversa direta entre a três partes para que possamos encontrar resultados mais objetivos”. 

Sobre a AIAVE Bahia  – A Associação agrega cerca de 400 produtores, gerando aproximadamente 2 mil empregos, e movimenta cerca de 130 mil aves por dia – o que representa quase 3 milhões de aves/mês.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109937 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]