Deputado Carlos Geilson diz que vigilantes precisam ser recompensados pelo perigo da profissão e cobra cumprimento da lei

Carlos Geilson: “As empresas precisam pagar essa taxa, que já deveria estar sendo paga desde dezembro do ano passado. É uma reivindicação justa”. (Foto: Carlos Augusto - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: “As empresas precisam pagar essa taxa, que já deveria estar sendo paga desde dezembro do ano passado. É uma reivindicação justa”. (Foto: Carlos Augusto - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: “As empresas precisam pagar essa taxa, que já deveria estar sendo paga desde dezembro do ano passado. É uma reivindicação justa”. (Foto: Carlos Augusto - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: “As empresas precisam pagar essa taxa, que já deveria estar sendo paga desde dezembro do ano passado. É uma reivindicação justa”. (Foto: Carlos Augusto – Jornal Grande Bahia)

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) falou nesta quarta-feira (27/02/2013) sobre a saudade de ver a atuação dos antigos PT e PC do B em defesa dos direitos dos trabalhadores. O saudosismo do parlamentar, se dá devido ao silêncio dos partidos em relação ao descumprimento no estado da Bahia da Lei 12.740/2012, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, que estende o adicional de 30% de periculosidade aos vigilantes de empresas privadas, devido ao risco de roubos e outras atrocidades físicas.

Desde ontem, os vigilantes de empresas particulares, de bancos, de órgãos públicos declararam greve por tempo indeterminado. “As empresas precisam pagar essa taxa, que já deveria estar sendo paga desde dezembro do ano passado. É uma reivindicação justa”, afirmou.

O parlamentar ainda lembrou que, devido à falta de cumprimento da lei, que gerou a greve, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e alguns bancos de Feira, Salvador e do interior também foram obrigados a paralisar suas atividades. Hoje, pela manhã, os grevistas fizeram manifestação em Salvador, e prometem fazer outra no final da tarde. “Eu quero prestar minha solidariedade a esses trabalhadores que arriscam suas vidas, principalmente esses que trabalham em bancos, do jeito que estamos sofrendo com os assaltos. Esses profissionais correm riscos e precisam ser recompensados com esse acréscimo de 30%”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108692 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]