Apresentando volumosa documentação, vereador de Cansanção denuncia prefeito Ranufo Gomes por fraude em licitações e uso de laranjas, além de lamentar omissão do TCM

Imagens das empresas denunciadas em Cansanção
Imagens das empresas denunciadas em Cansanção
Imagens das empresas denunciadas em Cansanção
Imagens das empresas denunciadas em Cansanção

O vereador Cirilo Araújo Damasceno (PSDC) revelou com exclusividade para o Jornal Grande Bahia, no dia 29 de janeiro 2013, o que pode ser considerada uma das maiores fraudes financeiras em prefeituras de pequeno porte da Bahia. Segundo Cirilo, os recursos desviados somam aproximadamente R$ 10 milhões.

Acompanhado Cirilo, estava o colega, vereador Fabrício Alves de Andrade (PSL), que reforçou as denúncias. Coube a Cirilo explicar como funciona o esquema:

“O prefeito de Cansanção, Ranufo da Silva Gomes, utilizou laranjas, transferido apenas de fachada, através de documentos, as empresas que possuí. Elas foram transferidas para o nome de parentes, e ou funcionários das empresas do prefeito. Que ao todo somam aproximadamente 20 empresas.”

“Dentre as empresas que prestam serviço à prefeitura, está a G.S Informática. Ela foi transferida para o sobrinho, Gabriel Santos de Oliveira, com procuração pública para o próprio prefeito. A empresa fornece serviços para a prefeitura há mais de dois anos.”

Cirilo Araújo Damasceno: "Dentre as empresas que prestam serviço à prefeitura, está a G.S Informática. Ela foi transferida para o sobrinho, Gabriel Santos de Oliveira, com procuração pública para o próprio prefeito.". (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Cirilo Araújo Damasceno: “Dentre as empresas que prestam serviço à prefeitura, está a G.S Informática. Ela foi transferida para o sobrinho, Gabriel Santos de Oliveira, com procuração pública para o próprio prefeito.”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

“Outra empresa que presta serviço à prefeitura de Cansanção é a M. Neves de Oliveira. Ela está em nome de um funcionário da empresa Magol Madeireira Gomes Ltda, motorista da carreta e coordenador dos transportes da Magol e da prefeitura de Cansanção. Sendo funcionário de confiança da empresa que pertence ao próprio prefeito e a esposa, Vilma Rosa de Oliveira Gomes, que também exerce o cargo de secretária de saúde no município.”

“O antigo Posto Gomes, que se chama atualmente Posto Oliveira, vence todas as licitações do município. O próprio cunhado do prefeito, Edilmário, configura como proprietário. Sendo que o mesmo passou procuração para o prefeito Ranufo e a filha. É uma operação triangular com graves indícios de crime contra a administração pública”

“Algumas destas empresas funcionam no térreo de imóveis que pertencem ao prefeito Ranufo da Gomes.”

Documentação e intimidações

Cópias de procuração, editais, cartões de visitas, fotografias e denúncia junto ao Ministério Público Federal conforma o conjunto de documentos que comprovam as fraudes praticadas pela administração do prefeito de Cansanção. Com objetivo de alimentar o patrimônio do próprio prefeito Ranufo Gomes, explica o vereador Cirilo.

Estas fraudes somam milhões de reais e estariam alimentado a rede de poder do prefeito. Intimidando com o poder financeiro, e quando este não atinge efeitos, são usados meios coercitivos de intimidação pela força, alerta Cirilo.

Jornalista Carlos Augusto entrevista os vereadores Cirilo Damasceno e Fabrício Andrade sobre fraude na eleição para mesa diretiva da Câmara de Cansanção.
Jornalista Carlos Augusto entrevista os vereadores Fabrício Andrade e Cirilo Damasceno sobre fraudes em Cansanção.

Omissão

Mostrando significativa documentação, o vereador lamenta a omissão do Tribunal de Contas dos Municípios, bem como do Ministério Público Estadual e do poder judiciário local. Segundo o vereador, o papel que eles prestam a sociedade está bem abaixo dos deveres constitucionais aos quais estão submetidos.

Contato

O Jornal Grande Bahia manteve contato com a Prefeitura de Cansanção, mas o prefeito até o fechamento da matéria não enviou resposta.

Baixe a cópia dos documentos apresentados

Assista aos vídeos com as denúncias

Vereador Cirilo Damasceno denuncia fraude em licitações da prefeitura de Cansanção – 1

Vereador Cirilo Damasceno denuncia fraude em licitações da prefeitura de Cansanção – 2

Documentos comprovam fraude em licitações da prefeitura de Cansanção.
Documentos comprovam fraude em licitações da prefeitura de Cansanção.
Sobre Carlos Augusto 9506 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).