Senador Lídice da Mata afirma que presidência da UPB não é disputa partidária entre PT e PSB

Senador Lídice da Mata: “Não tem nenhum racha. Este assunto não foi objeto de discussão interna, pois não compreendemos que o destino de uma entidade do porte da UPB seja o nosso partido ou qualquer outro que vá definir quem irá presidi-la”
Senador Lídice da Mata: “Não tem nenhum racha. Este assunto não foi objeto de discussão interna, pois não compreendemos que o destino de uma entidade do porte da UPB seja o nosso partido ou qualquer outro que vá definir quem irá presidi-la”
Senador Lídice da Mata: “Não tem nenhum racha. Este assunto não foi objeto de discussão interna, pois não compreendemos que o destino de uma entidade do porte da UPB seja o nosso partido ou qualquer outro que vá definir quem irá presidi-la”
Senador Lídice da Mata: “Não tem nenhum racha. Este assunto não foi objeto de discussão interna, pois não compreendemos que o destino de uma entidade do porte da UPB seja o nosso partido ou qualquer outro que vá definir quem irá presidi-la”

A presidente estadual do PSB, Lídice da Mata, declarou que a legenda não irá interferir na disputa pela presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). “Gostaríamos de ter uma chapa única, mas se isso não for possível teremos duas chapas do campo democrático”, pontuou a senadora, em entrevista a Luiz Santos, da Rádio Sociedade AM de Feira de Santana.

Lídice encara como natural que haja disputa de espaços dentro da base aliada ao Governo do Estado e defende que não deva haver vetos a nenhum dos postulantes – Wilson Cardoso, prefeito de Andaraí, e Maria Quitéria, de Cardeal da Silva, ambos do PSB. “Essa não é uma questão partidária, é uma disputa entre prefeitos para direção da entidade que os representa. O PSB nunca solicitou ao Governador a presidência da UPB”, declarou.

A senadora foi categórica em rechaçar a possibilidade de a disputa provocar um racha dentro da base aliada ou mesmo do próprio partido. “Não tem nenhum racha. Este assunto não foi objeto de discussão interna, pois não compreendemos que o destino de uma entidade do porte da UPB seja o nosso partido ou qualquer outro que vá definir quem irá presidi-la”, completou.

Em meia hora de entrevista, Lídice abordou diversos temas de interesse da população baiana, como sua luta pela liberação de recursos para os municípios afetados pela seca, o crescimento do PSB nas eleições municipais, seu posicionamento em relação à sucessão em âmbito federal e estadual em 2014. “Temos tudo para construir um bom cenário para 2014, mas antes disso precisamos viver e trabalhar 2013″, ponderou.

Questionada sobre sua relação com a atual administração de Salvador, Lídice foi categórica : “Eu certamente não responderei o que muitos gostariam que eu dissesse, que é de dar a mesma ajuda a ACM Neto que o avô dele me deu quando fui prefeita. Eu sou uma democrata, a cidade escolheu ACM Neto e mesmo não tendo votado nele quero o melhor para a minha cidade e como senadora da Bahia não faltarei a Salvador”.

“Eu iniciei minha vida política em Salvador, fui a deputada federal mais votada e a senadora mais votada da cidade e não esquecerei disso. Devo a Salvador a honraria que merece”, acrescentou Lídice, lembrando que durante a reunião da bancada baiana, da qual foi uma das coordenadoras, defendeu o maior bolo de investimentos a Salvador em função de ter a maior população do Estado, de ter eventos internacionais importantes pela frente e de ser a capital do Estado.

Para a senadora, a disputa da Copa das Confederações (2013), da Copa do Mundo (2014) e dos Jogos olímpicos (2016) trará benefícios não somente à capital baiana, mas as cidades vizinhas e também à maior cidade do interior do Estado. “Feira de Santana tem uma importância imensa para o desenvolvimento logístico de nosso Estado”.

A senadora encerrou a entrevista reafirmando seu compromisso com a geração de emprego e renda e a criação de novas oportunidades para os jovens de toda a Bahia. “Conheço e apoio a luta do reitor da UFRB Paulo Gabriel de levar a universidade federal para Feira de Santana. Espero que o prefeito seja sensível a este pleito e tenho certeza que será para ajudar a juventude de Feira a buscar novas oportunidades”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111145 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]