Petrobras e empresas brasileiras buscam no Reino Unido parcerias para a indústria naval

Logomarca da Petrobras Distribuidora (BR)
Logomarca da Petrobras Distribuidora (BR)

Missão brasileira formada por dirigentes da Petrobras, Transpetro e Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore (Abenav) inicia nesta segunda-feira, dia 10 de dezembro 2012, uma visita aos principais polos produtores do setor naval no Reino Unido (Aberdeen, New Castle, Leiscester, além de Londres). O objetivo é apresentar a empresários ingleses a carteira da demanda brasileira de navipeças nesta década e explicar em detalhes a política de conteúdo local em vigor.

O coordenador executivo do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural), Paulo Sergio Rodrigues Alonso, que integrará a missão, explicou que as encomendas até 2020, que exigirão investimentos da ordem de US$ 103,7 bilhões, incluem 48 sondas, 198 barcos de apoio, 38 plataformas de produção e 88 navios. A intenção é mostrar, no mercado internacional, o potencial desse segmento e atrair empresas para atuarem no país, seja com unidades produtivas instaladas em solo brasileiro ou em parceria com empresas nacionais do setor. “As oportunidades são muitas e não se esgotam nas atuais encomendas”, disse o coordenador durante o 9º Encontro Nacional do Prominp, em Belo Horizonte (MG).

Além das apresentações, os encontros com empresários ingleses também terão espaço para reuniões com dirigentes de indústrias produtoras de bens de interesse do Brasil (hélices, motores, módulos de acomodação de pessoas, turbinas e sistemas de posicionamento dinâmico, entre outros itens).

Em 2013, a missão comercial brasileira também planeja visitar o Japão e a Alemanha com a mesma proposta de trabalho.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108814 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]