Milionário gabinete do prefeito José Ronaldo; 23 homens que levam R$ 4,4 milhões em salários da Prefeitura de Feira de Santana

Prefeito José Ronaldo de Carvalho. Membros do ganite da Prefeitura de Feira de Santana recebem R$ 4,4 milhões em salários por ano.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho. Membros do ganite da Prefeitura de Feira de Santana recebem R$ 4,4 milhões em salários por ano.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho. Membros do ganite da Prefeitura de Feira de Santana recebem R$ 4,4 milhões em salários por ano.
Prefeito José Ronaldo de Carvalho. Membros do ganite da Prefeitura de Feira de Santana recebem R$ 4,4 milhões em salários por ano.

O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, baixou decreto reduzindo o salário de R$ 25 mil por mês para pouco mais de R$ 20 mil. Os secretários municipais passaram a ganhar, cada um, R$ 16 mil por mês. Somado os salários dos 21 secretários, mais os salários do prefeito e do vice-prefeito, os cofres municipais pagam à apenas 23 homens, em um ano, R$ 4,4 milhões em salários.

Caso os salários milionários fossem reduzidos em 50%, em um ano a prefeitura poderia construir uma escola de médio porte, com orçamento de R$ 2,2 milhões. Também poderia investir em um ginásio de esportes, ou, fazer dez quadras poliesportivas. Ao final de quatro anos, o resultado poderia ser quadruplicado.

Mas, o resultado será quadruplicado no bolso no seleto time de secretários, do vice e do próprio prefeito. É vendo como o governo gasta os recursos municipais que se percebe a importância que dá às questões sociais.

Para completar o quadro, o secretário Jailton Batista, que toma posse amanhã (15/01/2013) na Cultura, vai receber o salário integral, ou vai receber proporcional aos dias que faltam para completar o mês?

A quem afirme que o secretário, que é um bem sucedido homem de negócios, aceita o cargo como uma missão. Poderia fazer um gesto de boa vontade e começar doando o salário à própria pasta da cultura. Mas, pensar que isto vai ocorrer é como acreditar em conto de fadas.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9388 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).