“Na Câmara nós não podemos rotular vereador de oposição ou de governo”, observa Justiniano França, presidenta do legislativo feirense

Justiniano Oliveira França: “O momento da campanha e da eleição já passou. O que nós queremos agora é fazer igual para os vereadores governistas e para os de oposição, até porque, na Câmara, nós não podemos relacionar nem rotular vereador de oposição ou de governo em nossas ações no Legislativo”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Justiniano Oliveira França: “O momento da campanha e da eleição já passou. O que nós queremos agora é fazer igual para os vereadores governistas e para os de oposição, até porque, na Câmara, nós não podemos relacionar nem rotular vereador de oposição ou de governo em nossas ações no Legislativo”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Justiniano Oliveira França: “O momento da campanha e da eleição já passou. O que nós queremos agora é fazer igual para os vereadores governistas e para os de oposição, até porque, na Câmara, nós não podemos relacionar nem rotular vereador de oposição ou de governo em nossas ações no Legislativo”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Justiniano Oliveira França: “O momento da campanha e da eleição já passou. O que nós queremos agora é fazer igual para os vereadores governistas e para os de oposição, até porque, na Câmara, nós não podemos relacionar nem rotular vereador de oposição ou de governo em nossas ações no Legislativo”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, Justiniano França, esta semana, durante entrevista à Assessoria de Comunicação da Casa Legislativa (Ascom), declarou que, independente de preferência política, irá trabalhar para todos servidores e vereadores de forma democrática.

“O momento da campanha e da eleição já passou. O que nós queremos agora é fazer igual para os vereadores governistas e para os de oposição, até porque, na Câmara, nós não podemos relacionar nem rotular vereador de oposição ou de governo em nossas ações no Legislativo”, disse.

Justiniano afirmou que, ao longo da sua vida na Casa da Cidadania, sempre buscou estabelecer relações de respeito e entendimento com todos, priorizando os interesses maiores da coletividade e o engrandecimento do Legislativo.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9392 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).