COELBA investe R$ 75 milhões em Feira de Santana e afirma que redução do valor da tarifa deve ocorrer brevemente

Carlos Morais assume como gestor da unidade de atendimento da COELBA em Feira de Santana.
Carlos Morais assume como gestor da unidade de atendimento da COELBA em Feira de Santana.
Carlos Morais assume como gestor da unidade de atendimento da COELBA em Feira de Santana.
Carlos Morais assume como gestor da unidade de atendimento da COELBA em Feira de Santana.

Durante entrevista coletiva ocorrida na sexta-feira (18/01/2013), a direção da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA), empresa do Grupo NEOENERGIA, apresentou o novo diretor de atendimento da unidade de Feita de Santana, Carlos Morais. A empresa também apresentou um balanço das ações de 2012, e afirmou aguardar portaria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) com objetivo de regulamentar a Lei que determinou a redução do valor da tarifa (Lei 12.783/2013).

Investimentos em Feira de Santana

Em 2012, quase R$ 75 milhões foram investidos pela empresa no município de Feira de Santana. Para a área de manutenção e operação do sistema elétrico, foram destinados R$ 20,8 milhões na construção das subestações Centro Industrial, beneficiando os clientes industriais localizados no núcleo do CIS da BR 324, e da região do Distrito de Humilde. Outro investimento realizado foi na subestação de Ipuaçu, aumentando a oferta de energia para os usuários do distrito de João Durval Carneiro. Também foram construídos novos alimentadores nas subestações de Feira I, Tomba e Feira II, aumentando a confiabilidade do sistema.

Para 2013, a COELBA planeja investir R$ 860 milhões no sistema elétrico baiano, ampliando e qualificando a distribuição de energia na área de concessão. Este orçamento prevê a construção de nove subestações, ampliação de 12 subestações, construção de 198 Km de linhas de distribuição, aplicação de novas tecnologias de automação e digitalização, ações de ampliação e manutenção do sistema elétrico e ligação de novos consumidores, no campo e na cidade.

Sistema de cores

A partir de 2013, em caráter experimental, e 2014 em caráter definitivo, os usuários do sistema elétrico receberão através da fatura uma informação em forma cores: vermelho, amarelo, e verde. O sistema permite ao usuário, ter uma percepção de como é gerada a energia elétrica nacional.

Verde ocorre quando apenas os sistemas convencionais estão em operação, ou seja, geração através de hidrelétricas, e significa tarifas normais. Amarelo quando o sistema for misto, hidrelétricas e termoelétricas, com acréscimo de valor a cada 100 KW/hora. Vermelho quando o sistema utilizar uma quantidade significativa de termoelétricas, o que significa dizer que o usuário pagará um valor ainda mais elevado na conta de energia.

Leia +

Lei que reduz tarifa de energia é publicada com vetos

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108703 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]