CODEVASF instalou cerca de cinco mil cisternas no Médio São Francisco baiano em 2012

A Codevasf entregou em 2012 cerca de 5.000 cisternas de consumo para famílias dos municípios de Ibotirama, Boquira, Caetité, Macaúbas e Riacho de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
A Codevasf entregou em 2012 cerca de 5.000 cisternas de consumo para famílias dos municípios de Ibotirama, Boquira, Caetité, Macaúbas e Riacho de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
A Codevasf entregou em 2012 cerca de 5.000 cisternas de consumo para famílias dos municípios de Ibotirama, Boquira, Caetité, Macaúbas e Riacho de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
A Codevasf entregou em 2012 cerca de 5.000 cisternas de consumo para famílias dos municípios de Ibotirama, Boquira, Caetité, Macaúbas e Riacho de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) entregou em 2012, na área de atuação da 2ª Superintendência Regional, cuja sede é localizada em Bom Jesus da Lapa (BA), cerca de 5.000 cisternas de consumo para famílias dos municípios de Ibotirama, Boquira, Caetité, Macaúbas e Riacho de Santana.

As famílias atendidas com as cisternas residem na zona rural do Médio São Francisco baiano. Além de receber os reservatórios, a população também será beneficiada pela construção de sistemas simplificados de abastecimento de água, que funcionarão nas regiões de Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Irecê e Barreiras. A Codevasf está executando, ainda, serviços para a construção de 20 barreiros que beneficiarão quatro comunidades dos municípios de Matina, Guanambi, Pindaí, Palmas de Monte Alto e Bom Jesus da Lapa.

O Programa Água para Todos faz parte do Plano Brasil Sem Miséria, instituído pelo governo federal em julho de 2011. A meta principal do programa é universalizar o acesso a água entre a população rural do semiárido brasileiro, com a instalação de cisternas que beneficiarão 750 mil famílias até 2014, com investimento total de R$ 4,7 bilhões.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9393 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).