Vice-presidente e vereadores acusam Luiz Caetano de adulterar orçamento de Camaçari

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Vereadores de Camaçari acusam o prefeito Luiz Caetano (PT) de, pela segunda vez, “adulterar” o orçamento da Câmara Municipal para reduzir o poder de fiscalização do Legislativo. O vice-presidente da Casa, Cleber Alves (PRTB), e os vereadores Jorge Curvelo (DEM) e Antonio Elinaldo (DEM) encaminharam ofício solicitando ao presidente José de Elísio (PP) que devolva ao prefeito a peça orçamentária encaminhada à Câmara porque o petista reduziu de R$32,3 milhões para R$26 milhões os recursos destinados ao Legislativo.

“Tal procedimento caracteriza, de forma inequívoca, a existência de crime de responsabilidade por parte do chefe do Executivo municipal, que alterou unilateralmente a proposta orçamentária de 2013 enviada pela Câmara e que atendeu a todos os princípios legais e administrativos na sua elaboração”, diz o ofício assinado pelos vereadores oposicionistas.

Segundo Elinaldo, a Câmara enviou ao prefeito um orçamento abaixo daquilo que poderia apresentar por lei. Ele lembrou ainda que Caetano já responde a processo no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) pela mesma prática, em 2011, em denúncia feita na época pelo presidente da Casa, José de Elísio. “Se o prefeito mantiver essa decisão, vamos ingressar com uma nova ação no tribunal por crime de responsabilidade. O prefeito tem que respeitar a autonomia dos poderes. Ele quer comprometer nosso poder de fiscalização”.

Atualmente, a Câmara de Camaçari conta com apenas dois vereadores de oposição. A partir do ano que vem, serão oito. Só o Democratas ganhou mais dois: além das reeleições de Elinaldo e Curvelo, também elegeu Antônio Falcão e Júnior Borges.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113505 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]