Coluna de Antônio José Larangeira de 7 de dezembro de 2012

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Seminário de Musica, ano 50

Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), , realizou, na quarta-feira, (05/12/2012), às 19h, no Teatro do Cuca, evento em comemoração aos 50 anos do Seminário de Música. O professor Wellington Gomes, da Ufba, proferiu a palestra “Santo de casa faz milagre, sim! O Seminário de Música de Feira de Santana”. Em seguida, aconteceu apresentações musicais com a participação de professores e alunos do Seminário de Música. Hamilton Gonçalves (violão) e Gledisney Marques (flauta) apresentaram Distribuição de Flores e Bachianas Brasileiras nº5 – Cantilena, de Heitor Villa-Lobos; Simone Gonçalves (piano) apresenta Valsa Opus 64, nº 02, de Frederic Chopin; Simone volta ao palco com Leones Nascimento (percussão), apresentando Escovado, de Ernesto Nazareth.

Confraternização da Confraria

Logo mais às 21 horas, no salão de festas do Edficio Jose Nunes, ocorrerá festivo jantar de confraternização da Confraria dos Gastrônomos  quando seu presidente Isac Faria e Cassinha serão os anfitriões, oportunidade em que o mesmo será confirmado neste cargo do clube do bom gourmet e conselheiro diretor comporão Heraldo Moraes, Cloves Barros Figueredo e este jornalista. O homenageado com a Comenda Cristovão Falcão de Carvalho nesta noite será o ex-presidente João Almeida Veloso. Caberá ao versatil instrumentista Israel Exalto fazer o show com selecionadas musicas nacionais e internacionais. O evento será regado ao melhor escocês legitimo e honesto e vinhos das melhores castas, além de um bufet farto e variado estará na pauta dos gastrônomos e seus convivas.

Quer secretaria

Pode até não ser ele o escolhido, mas o vice-prefeito eleito por Feira de Santana, Luciano Ribeiro (PMDB), não esconde de ninguém que deseja ser secretário de Educação. Ele argumenta que estava quieto no seu canto e distante da política, lhe trouxeram da iniciativa privada para ser vice-prefeito de Feira de Santana. Portanto, agora aguentem. “Não vou pedir, mas se me chamarem para assumir a secretaria aceitarei”, diz Luciano Ribeiro. (Do Blog de Jair Onofre).

Natal ecológico

Os estudantes da Escola Municipal Doutor Cícero Barbosa de Carvalho, situada no bairro Jardim Cruzeiro, vão participar do projeto Natal Ecológico, no dia 10 de dezembro. A iniciativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMAM), através do Departamento de Planejamento e Educação Ambiental, prevê a confecção de árvores de Natal com material reciclável. Segundo a diretora do departamento, Milena Carvalho, será eleita a árvore mais ecologicamente correta, isto é, a que for mais composta por material reciclável. O projeto vai contar com a participação de estudantes do Ensino Fundamental I, e a escolha e julgamento das árvores será no Museu de Arte Contemporânea (MAC). A diretora da escola, Gilyan de Brito, disse que os alunos pretendem confeccionar quatro árvores. A comissão julgadora do projeto será composta por profissionais diretamente envolvidos com questões socioambientais da cidade. Serão avaliados os seguintes critérios: adequação do tema, criatividade, originalidade e diversidade de material.

Feira do Semiárido

Cerca de 600 pessoas participam, no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana, da 8ª Feira do Semiárido, evento que até hoje, discutirá a seca no Nordeste, o planejamento e políticas públicas nos territórios de identidade. Os trabalhos foram abertos na noite de segunda-feira,4 com a participação do reitor da Uefs, José Carlos Barreto, do secretário de Planejamento do Estado da Bahia, José Sérgio Gabrielli, e de autoridades representativas de diversos municípios. O professor da UFRB e Unifacs, Fernando Cardoso Pedrão, chamou a atenção para a necessidade de se discutir problemas paralelos à seca que atingem o semiárido. Ele se referiu, dentre outros, à concentração de renda e à falta de ações que não se restrinjam ao enfrentamento à seca. Conforme salientou, os municípios do semiárido devem ter políticas públicas diversas.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Sobre Antonio José Larangeira 3156 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]