Secretário de Cultura indicado por Colbert Martins para compor gabinete em Feira de Santana jamais investiu no setor

Jailton Batista é o nome indicado pelo PMDB feirense para compor o gabinete de José Ronaldo.

Jailton Batista é o nome indicado pelo PMDB feirense para compor o gabinete de José Ronaldo.

Natural de Andaraí, Jailton Batista dos Santos é o nome indicado pelo PMDB feirense para compor o gabinete de José Ronaldo. Além de Batista foram indicados pelo peemedebista Colbert Martins, Valdomiro Silva, Comunicação; e Ildes Ferreira, Ação Social.

Uma fonte ligada ao setor cultural de Feira de Santana criticou duramente a escolha de Jailton Batista. Segundo a fonte, Batista, quando diretor do setor farmacêutico em Goiânia jamais destinou um único centavo para o segmento cultural feirense, e questiona:

“Será que ele poderia apresentar um mapa cultural de Feira de Santana, citar os profissionais que contribuem para o setor, falar sobre as manifestações populares com conhecimento adequado? Acho pouco provável. Trata-se de um neófito cultural.” .

As criticas não pararam, segundo a fonte, durante o governo de Colbert Martins da Silva (de Janeiro de 1989, à Dezembro de 1992), Batista montou e coordenou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Santana. “Neste momento, vários radialistas e alguns jornalistas passaram a ter dupla jornada, uma na prefeitura e outra nos programas de rádios e nos jornais. Alguns poucos não aceitaram o mimo e resolveram indicar as esposas para ocupar cargos na prefeitura. Um dos líderes de audiência no setor radiofônico tem a esposa ocupando cargo de confiança desde essa época. Desta forma foi instituída uma relação pouco salutar entre setores da imprensa feirense e o governo municipal.”.

Batista é um profissional com credências no setor jornalístico, e como executivo do segmento farmacêutico. O que motivou o regresso dele a Feira de Santana continua um mistério, uma vez que o mesmo não se encontrava presente durante a coletiva em que o prefeito eleito, José Ronaldo de Carvalho, anunciava o nome.

É esperar para ver no que vai dar. Mas a sociedade tem a expectativa que as relações estabelecidas à frente da pasta da Cultura sejam feitas em um plano republicano.

Colbert Martins Filho é citado na Rede de Escândalos da revista Veja.

Colbert Martins Filho é citado na Rede de Escândalos da revista Veja.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).