PIB baiano cresce 1,9% no terceiro trimestre de 2012 e SEI projeta crescimento de 3,0% no ano

Crescimento da economia reflete na geração de empregos com carteira assinada.
Crescimento da economia reflete na geração de empregos com carteira assinada.
Crescimento da economia reflete na geração de empregos com carteira assinada.
Crescimento da economia reflete na geração de empregos com carteira assinada.

O Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia cresceu 1,9% no 3º trimestre de 2012 quando comparado com mesmo período do ano anterior, enquanto o brasileiro ficou em 0,9%. Na comparação com o segundo trimestre de 2012, quando são eliminadas as influências sazonais, o PIB baiano cresceu 0,9%. Com os dados do 3º trimestre, a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento, projeta que, em 2012, o PIB estadual cresça 3,0%. Os resultados foram apresentados nesta segunda-feira (03/12/2012), em entrevista coletiva no auditório da Seplan.

Geraldo Reis, diretor-geral da SEI, comentou o resultado: “Esperávamos que fosse ocorrer uma similaridade maior entre as taxas de crescimento da Bahia e a atividade econômica nacional. Entretanto, continuamos a crescer mais que o PIB brasileiro”. Reis explicou que o crescimento, na Bahia, continua sendo ancorado no consumo e na manutenção da renda. “Mas grande parte de nossos projetos estruturantes ainda estão em fase de maturação. É possível que, em 2013, esses projetos comecem a se tornar realidade. A Ferrovia Leste-Oeste, a implantação do Parque Automotivo da JAC Motors, a ampliação da Ford, os investimentos da  Braskem, a ampliação da energia eólica e a maturação dos investimentos em infraestrutura, entre outros fatores, deverão contribuir para a dinamização da economia baiana”, completou o diretor-geral da SEI. Com os resultados positivos do trimestre, Reis finaliza: ”É nesse contexto que projetamos um crescimento de 3% para 2012, o que é um bom resultado, considerando o cenário econômico nacional e internacional”.

No acumulado do ano – soma dos três trimestres -, o PIB baiano cresceu 2,1%. A maior contribuição para o resultado positivo foi o setor de Serviços, com expansão de 3,0% no ano e 2,8% no trimestre. O destaque no setor de Serviços foi o Comércio Varejista, que apresentou crescimento de 6,6% no trimestre. De acordo com os dados da PMC-BA, os seguimentos de equipamentos materiais para escritório, informática e comunicação(41,0%), outros artigos de uso pessoal e domestico (33,0%) e livros, jornais e revistas (22,0%) registraram as maiores expansões no volume de vendas no terceiro trimestre. Destaca-se ainda a expansão nos segmentos de alojamento e alimentação (6,5%) e transportes (1,4%). Já a administração publica apresentou estabilidade no trimestre.

No que diz respeito ao PIB agrícola, no 3º trimestre houve retração de 8,9%. No ano, a queda acumulada é de 1,3%. A retração da atividade agrícola está diretamente associada aos efeitos da seca que atingiu a Bahia desde meados de 2011, impactando negativamente sobre a produção de cereais (-11,0%) com destaque para as retrações na produção de feijão (-47,4%) e de soja (-8,5%). Para o Brasil, os dados da LSPA apontam crescimento de 3,6% na produção de grãos.

Indústria: Crescimento ajuda na expansão do PIB

No terceiro trimestre de 2012, a indústria baiana registrou expansão de 1,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Destaca-se para a recuperação da indústria de transformação, que contou com expansão de 0,5%. De acordo com os dados da produção física mensal, comparando-se o terceiro trimestre de 2012 com o mesmo período do ano anterior, a indústria baiana cresceu 2,5% na produção física, enquanto que a brasileira teve queda de 3,5%. Dos oito segmentos da indústria de transformação destaca-se a expansão no refino de petróleo e álcool (11,3%) e borracha e plástico (11,2%). Por outro lado, contribuiram negativamente para a formação a metalurgia básica (-25,0%) e automobilística (-7,6%). Os demais segmentos da industria também registram expansão, com destaque para a construção civil, com crescimento de 4,9%.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107970 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]