Feira de Santana: Conferência do secretário estadual Sergio Gabrielli dá inicio às atividades da 8ª Feira do Semiárido

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
De acordo com Gabrielli, dois terços dos municípios baianos estão no semiárido, o que representa 28% da economia do estado. Para ele, o semiárido precisa de medidas de “convivência estimulando atividades econômicas mais resistentes à seca”.
De acordo com Gabrielli, dois terços dos municípios baianos estão no semiárido, o que representa 28% da economia do estado. Para ele, o semiárido precisa de medidas de “convivência estimulando atividades econômicas mais resistentes à seca”.
De acordo com Gabrielli, dois terços dos municípios baianos estão no semiárido, o que representa 28% da economia do estado. Para ele, o semiárido precisa de medidas de “convivência estimulando atividades econômicas mais resistentes à seca”.
De acordo com Gabrielli, dois terços dos municípios baianos estão no semiárido, o que representa 28% da economia do estado. Para ele, o semiárido precisa de medidas de “convivência estimulando atividades econômicas mais resistentes à seca”.

Foi aberta na noite desta terça-feira (04/12/2012), a 8ª edição da Feira do Semiárido. A cerimônia que deu inicio às atividades contou com uma conferência ministrada pelo secretário de Planejamento da Bahia, Sérgio Gabrielli, no anfiteatro do módulo 2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

O mandato do deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto (PT), foi representado por seu chefe de gabinete, Tarcísio Branco.

Com o tema Semiárido e a seca no Nordeste: Planejamento e Políticas Públicas nos Territórios de Identidade, Gabrielli apresentou as ações do governo no enfrentamento aos efeitos da seca. “Estamos vivendo um programa que faz com que convivamos melhor com a seca porque há uma política para isso”, disse.

De acordo com Gabrielli, dois terços dos municípios baianos estão no semiárido, o que representa 28% da economia do estado. Para ele, o semiárido precisa de medidas de “convivência estimulando atividades econômicas mais resistentes à seca”.  Entre as medidas de enfrentamento a estiagem estão a garantia do Seguro Safra, limpeza de aguadas, perfuração de poços e implantação de cisternas, além de medidas emergenciais como a distribuição de cestas básicas e contratação de carros-pipa.

A 8ª Feira do Semiárido segue até o dia 07 de dezembro com programação que inclui mesas de discussão, apresentação de trabalhos acadêmicos e grupos culturais. Todas as atividades acontecerão na UEFS.

Na cerimônia de abertura também estiveram presentes os vereadores do PT Ângelo Almeida e Marialvo Barreto, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Zé Grande; o vereador eleito Alberto Nery (PT); o secretário executivo do Consórcio Público Portal do Sertão, Daniel Moreira; o Cel. da Polícia Militar de Feira de Santana, Adelmário Xavier, entre outras autoridades, professores e estudantes.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.