Deputado Luciano Simões chama de “aberração” projeto do executivo baiano que cria impostos

Luciano Simões: “Os aumentos exorbitantes em IPVA e todo aqueles tramites que são feitos no Detran, como vistoria, aquisição de habilitação, entre outros, chegam até a 309%. Não quero crer que o Governo do Estado, por vingança, venha punir e achacar os soteropolitanos com impostos”
Luciano Simões: “Os aumentos exorbitantes em IPVA e todo aqueles tramites que são feitos no Detran, como vistoria, aquisição de habilitação, entre outros, chegam até a 309%. Não quero crer que o Governo do Estado, por vingança, venha punir e achacar os soteropolitanos com impostos”
Luciano Simões: “Os aumentos exorbitantes em IPVA e todo aqueles tramites que são feitos no Detran, como vistoria, aquisição de habilitação, entre outros, chegam até a 309%. Não quero crer que o Governo do Estado, por vingança, venha punir e achacar os soteropolitanos com impostos”
Luciano Simões: “Os aumentos exorbitantes em IPVA e todo aqueles tramites que são feitos no Detran, como vistoria, aquisição de habilitação, entre outros, chegam até a 309%. Não quero crer que o Governo do Estado, por vingança, venha punir e achacar os soteropolitanos com impostos”

O líder do PMDB/DEM na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, chamou de “aberração” a aprovação do requerimento de urgência para que seja votado na Casa, já na próxima semana, o PL 20.060 – que cria dezenas de impostos e aumenta outros existentes em percentual muito acima da inflação do ano. Segundo o parlamentar, a decisão mostra a revolta do governo pela derrota de Nelson Pelegrino na disputa para a prefeitura de Salvador.

“Os aumentos exorbitantes em IPVA e todo aqueles tramites que são feitos no Detran, como vistoria, aquisição de habilitação, entre outros, chegam até a 309%. Não quero crer que o Governo do Estado, por vingança, venha punir e achacar os soteropolitanos com impostos”, alfinetou Simões.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9385 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).